Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Economia

Por que Elon Musk “desistiu” de comprar o Twitter

Longe de ter sido surpreendido pelo número de fakes na plataforma, Elon Musk mostra apenas que sabe fazer contas, e que o valor proposto por ele antes agora pode ser considerado “surreal”

Em 25 de abril deste ano, o CEO da Tesla, Elon Musk, anunciou que pagaria $44 bilhões para comprar o Twitter. O valor de $54,20 por ação, representava um prêmio sobre aquele no qual as ações eram negociadas em bolsa. De lá para cá, a maré virou, e Elon Musk agora desistiu da compra do Twitter. O conselho da rede social, que antes havia lutado para não vender o negócio, agora insiste em fechar o “deal”, e diz que irá processar Musk para fazer cumprir. 

Nestes meros 2 meses de diferença, a rede social viu suas ações caírem, diminuindo seu valor de mercado para $25 bilhões, uma diferença significativa, parte de um movimento de mercado maior, que afetou empresas de tecnologia, como a própria Tesla de Musk.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

Desde essa data, as ações de Musk na Tesla caíram cerca de 28%, saindo de cerca de $1000 para $726. 

Musk pretendia utilizar parte de suas ações como garantia em um empréstimo. Segundo levantou a Bloomberg, o bilionário pegaria até $12,5 bilhões junto a bancos dando como garantia suas ações da Tesla, em uma proporção de 4 para 1. 

O risco da operação é considerado baixo, mas ainda assim, existe. As ações da Tesla surpreenderam positivamente nos últimos 2 anos, com uma alta de 833%, o que fez da empresa mais valiosa do que todas as demais montadoras de veículos do mundo somadas. 

O resultado foi um crescimento exponencial da riqueza de Musk, que chegou a ter cerca de $330 bilhões em patrimônio, cerca de $100 bilhões a mais do que possui hoje.

Essa oscilação, porém, é apenas parte das razões para Musk não estar tão mais disposto a comprar a rede social.

O valuation, ou seja, o valor de mercado do Twitter, é de cerca de 7 vezes o seu faturamento, estimado em $6,2 bilhões para este, e por volta de 142 vezes o seu lucro. Trata-se de um número significativamente elevado.

Se preferir, Musk poderia pagar 33 vezes o lucro em ações como a Apple, ou comprar mais ações da Tesla, que vale 93 vezes o lucro.

Ainda assim, Musk estaria confiante de que pode destravar valor no negócio, e chegou a contar com apoio de alguns investidores, que acreditam ser possível tirar a empresa da bolsa agora, e fazer uma nova abertura de capital em 3 anos, por um valor de 2 a 3 vezes maior do que a proposta de aquisição atual. 

Com a alta dos juros americanos, porém, a situação fica bastante mais difícil.

Na prática, investidores olham para os juros como o retorno sem qualquer risco. Na medida em que os juros crescem, o valuation de empresas, especialmente de tecnologia, caem. Isso ocorre pois o seu custo de financiamento aumenta. Serão mais juros pagos pela empresa para se financiar, além de menor disposição dos investidores para comprar.

Nessa nova realidade, o valor proposto por Elon Musk se tornou “sem sentido”. Porque pagar $44 bilhões por uma empresa que vale $25 bilhões em bolsa? Ainda que se assuma o prêmio de controle, Musk sabe que o retorno agora está muito menos provável do que antes.

Seu discurso em favor da liberdade de expressão é tentador, mas pagar um prêmio de dezenas de bilhões de dólares a mais por um negócio apenas para reforçar isso, seria a assessoria de imagem mais cara do planeta.

O conselho da empresa também avalia a situação, e sabendo que o Twitter hoje vale menos, insiste juridicamente em seguir com a proposta.

Na prática Musk possui uma “call”, ou opção de compra, da ordem de $1 bilhão. Se não exercê-la, perderá este valor. Para o conselho da empresa é “pouco”, especialmente pois o valor não seria destinado ao próprio Twitter.

É possível que Musk volte a fazer novas ofertas diante de novas circunstâncias, ou que insista em dizer que foi ludibriado sobre a quantidade de fakes que se utilizam da plataforma. Nada disso, porém, pesa mais do que a nova realidade dos juros.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Mt. Gox move mais de US$ 9 Bilhões em Bitcoin após 6 Anos Donald Trump vira bitcoiner e quer conceder perdão presidencial ao criador da Silk Road Trader compra US$ 1,1 milhão em memecoin, e agora tem US$ 150 Elon Musk cria US$ 30 bilhões do nada com IA do Twitter Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado