Tecnologia

Mesmo com correção, Tesla cresceu em média 833% mais que demais techs

Disparando 906% desde o início de 2020, a Tesla desbancou a concorrência e cresceu em média 833% a mais que demais techs do mercado.

Ontem (05), a cúpula do Federal Reserve, liderada por Jerome Powell, aumentou a taxa básica de juros americana em 0,5% em um movimento que afeta diretamente todo o setor de tecnologia mundial.

A elevação de juros foi a maior dos últimos 22 anos, compondo parte do plano de aperto monetário americano que procede o maior período de expansão monetária da história.

Mesmo em seus estágios iniciais, as primeiras etapas do processo já são sentidas em todo o mercado americano, que amarga um dos piores desempenhos anuais históricos até então.

No ano, o S&P500 caiu 13%, com as ações de tecnologia liderando as perdas. Papéis da Amazon e Tesla registram quedas superiores a 30% em 2022, apresentando uma grande sensibilidade sobre as decisões da cúpula do FED.

Mesmo assim, a Tesla ainda apresenta um sólido resultado sob a ótica dos últimos anos, com um rendimento de 906% desde o início de 2020.

Em dados de capitalização, a Tesla é atualmente a quinta maior empresa do setor de tecnologia, liderando com larga vantagem a lista em termos de crescimento.

Com uma desafiadora filosofia de negócios, a Tesla inovou no último ano ao ser uma das primeiras grandes empresas públicas a adquirirem Bitcoin (QBTC11 na B3), em uma aquisição de $1,5 bilhão.

Desde o início de 2020, as Apple, Microsoft, Amazon e Alphabet registram um crescimento de respectivamente 112%, 71%, 77% e 30%, compondo uma média de 72,5%. 

Dessa forma, em número aproximados a Tesla obteve um crescimento superior em 833% que as demais empresas tech:

Notícias relacionadas

Quer aprender a investir em criptoativos na bolsa, de forma prática e inteligente? Nós preparamos um curso gratuito com o passo a passo. Clique aqui para acessar.