Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Banco do Brasil de Lula figura entre os maiores acionistas de ETF de Bitcoin

Conforme avalia Eric Balchunas em postagem no X, analista da Bloomberg, há cerca de 30 detentores institucionais até agora, principalmente fundos e consultores.

Em uma visão atualizada acerca dos detentores do ETF de Bitcoin da BlackRock, o IBIT, o Banco do Brasil por meio de sua gestora figura entre o sexto maior. O Banco do Brasil, agora sob comando do governo Lula, oferece a exposição em Bitcoin por meio de sua asset, e sua participação no ativo é de US$ 1,59 milhões.

Conforme avalia Eric Balchunas em postagem no X, analista da Bloomberg, há cerca de 30 detentores institucionais até agora, principalmente fundos e consultores. Eles são responsáveis por 0,2% das ações distribuídas.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

Portanto, para Balchunas é apenas a ponta do iceberg, e o ETF de Bitcoin ainda tem um longo caminho para percorrer. Em contexto, ele ressalta que BITO, ETF de Bitcoin da ProShares, tem 42% das ações relatadas. “Também mostra muitas “mordiscadas”, conforme evidenciado pelos minúsculos %”, diz.

Os ETFs de Bitcoin à vista receberam aprovação para operar nos Estados Unidos no início deste ano. Antes, o produto de investimento era apenas por meio de derivativos, impossibilitando que as gestoras comprassem a criptomoeda no mercado spot.

O maior detentor institucional de IBIT é a Brookstone Capital, que detém US$ 6,22 milhões no ativo. Além disso, outra asset brasileira que detém o ETF de Bitcoin da BlackRock pertence à BTG Pactual. O maior banco de investimento da América Latina detém US$ 272 mil em IBIT. Porém, com espaço para adquirir mais, segundo os comentários gerais de Balchunas no Twitter.

Os ETFs de Bitcoin estão tornando-se cada vez mais aceitos, não somente pelo Banco do Brasil mas pelo mundo. Prova disso, é que no começo desta semana Hong Kong aprovou o veículo de investimento apesar da criptomoeda ser proibida na China.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado “O único defensor do livre mercado no mundo é bizarramente da Argentina”, diz ex-gestor de George Soros Instituto mobiliza BTG e Starlink, de Musk, para garantir internet em meio a enchentes no RS Bybit começa a oferecer renda passiva em dólar descentralizado Baleia de Bitcoin acorda após 10 anos e move US$43,9 milhões que comprou por US$2 dólares