Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Polícia Federal desarticula grupo criminoso internacional que atuava em Camboriú e deu golpe de US$100 milhões

O grupo atraía investimentos de diversos países por meio de depósitos em Bitcoin e prometia grandes retornos aos investidores que nunca cumpriram.

A Polícia Federal (PF) realizou a Operação Lanterna Verde nesta terça-feira (05) com a finalidade de desmantelar um grupo criminoso sediado em Balneário Camboriú. Esta organização usava uma empresa fictícia para fingir que atuava na mineração de esmeraldas. 

O grupo atraía investimentos de diversos países por meio de depósitos em Bitcoin e prometia grandes retornos aos investidores que nunca cumpriram. O prejuízo estimado é de cerca de US$ 100 milhões.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

No decorrer da operação, a Polícia Federal executou três ordens de prisão preventiva e fez 11 buscas em cidades de Santa Catarina, além de Farroupilha/RS e Paraíso do Tocantins/TO. As ordens judiciais, emitidas pela 1ª Vara Federal de Itajaí/SC, também envolveram a confiscação de propriedades dos suspeitos.

A investigação da Polícia Federal mostrou que o grupo criminoso usava vídeos promocionais para exibir uma empresa aparentemente funcional, chegando a mostrar bancos digitais como parte de sua infraestrutura. Eles convidavam personalidades para eventos no Brasil e mostravam a elas áreas fictícias de mineração e lapidação de pedras preciosas para reforçar a ilusão.

A apuração do Portal do Bitcoin indica que a empresa alvo da PF foi a Pietra Verdi, que prometia entregar um lucro de 1,2% ao dia sobre o Bitcoin do investidor por meio da extração e comercialização de esmeraldas.

As apurações iniciais da PF identificaram cerca de 2.500 vítimas diretas em pelo menos 18 países, principalmente na América do Sul e Central, incluindo brasileiros. No entanto, acredita-se que o golpe afetou um total de aproximadamente 25 mil pessoas.
Além dos detidos, outros cinco indivíduos foram acusados de diversos crimes, incluindo formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e estelionato. As penalidades para tais infrações podem resultar em até 30 anos de prisão, a máxima prevista no Brasil. A PF também disponibilizou um canal específico para denúncias relacionadas a este esquema: [email protected].

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Ancord e BlockTrends lançam primeira Certificação em Criptoativos do Mercado Financeiro e de Capitais Donald Trump Agora Possui US$ 30 Milhões em Memecoins DOG é listada na Bybit e atinge máxima histórica pelo segundo dia consecutivo DOG, memecoin no Bitcoin, atinge nova máxima histórica Investidor lucra mais de US$180 mil (154.724%) com bug de Berkshire Hathaway