Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Investidores tiram US$3,7 bilhões da Binance em meio a desconfianças.

A maior exchange do mundo tem enfrentado desconfiança do mercado, com investidores testando a veracidade das suas reservas

A Binance, maior exchange crypto do mundo, travou os saques da USDC, a segunda maior stablecoin do mundo com US$42 bilhões em ativos.

O anúncio foi feito pelo próprio fundador da Binance no Twitter.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

Changpeng Zhao mencionou que a USDC utiliza dólares físicos por meio de um banco em Nova York, e que a alta na demanda estaria gerando problemas na conversibilidade em tokens da própria Binance, o BUSD.

Em setembro, a Binance avisou que converteria automaticamente os depósitos de USDC em BUSD, sem custos.

Segundo Zhao, o problema seria gerado pelos próprios bancos por onde as transações ocorrem.

Investidores têm testado a veracidade das provas de reserva que a Binance expôs, temendo que a empresa possa ser a próxima em uma escalada de desconfiança sobre exchanges centralizadas.

Segundo as informações da empresa, a Binance possui cerca de US$62 bilhões em cold wallets.

Zhao, que esteve no centro dos eventos que levaram ao colapso da FTX, alega que a empresa, responsável por movimentar US$1,6 trilhão em outubro deste ano (metade do mercado), possui fundos bem assegurados.

Uma exposição sobre o balanço da empresa, porém, aponta que boa parte dos recursos da Binance estão em BUSD, a moeda emitida pela própria exchange.

Os saques já totalizam US$3,7 bilhões nas últimas 24h, levando a uma queda de 5% no preço da Binance Coin.

No Twitter, Zhao alega que os serviços serão retomados gradativamente na medida em que os bancos voltarem a operar.

O caso levou o Theter, a maior stablecoin do mundo, a coordenar uma troca de US$3,2 bilhões em tokens na blockchain da rede Tron para tokens na rede Ethereum. Assim como a USDC, a USDT também tem sido testada pelo mercado.

O caso também levanta uma discussão em torno da regulação do setor. No Brasil, o marco regulatório de criptomoedas foi aprovado sem conter a cláusula que prevê a separação entre fundos de clientes e fundos das exchanges. Especula-se que a Binance tenha sido uma das responsáveis por advogar contra a medida

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Mt. Gox move mais de US$ 9 Bilhões em Bitcoin após 6 Anos Donald Trump vira bitcoiner e quer conceder perdão presidencial ao criador da Silk Road Trader compra US$ 1,1 milhão em memecoin, e agora tem US$ 150 Elon Musk cria US$ 30 bilhões do nada com IA do Twitter Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado