Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Esposa do Faraó dos Bitcoins compra carro e avião particular com dinheiro de vítimas, diz Fantástico

Entre seus gastos estão a compra de um avião particular e um carro de luxo nos Estados Unidos, usando nomes falsos, segundo noticiou o Fantástico neste domingo (1).

A venezuelana Mirelis Zerpa Dias, conhecida por ser esposa do “faraó dos bitcoins“, é acusada de gastar dinheiro de investidores em luxos pessoais. Entre seus gastos estão a compra de um avião particular e um carro de luxo nos Estados Unidos, usando nomes falsos, segundo noticiou o Fantástico neste domingo (1).

Ela fugiu do Brasil após o colapso da GAS Consultoria, empresa acusada de operar um esquema de pirâmide financeira com criptomoedas. Desse modo, a Polícia Federal emitiu um novo pedido de prisão contra ela.

Segundo o levantamento do Fantástico, em seis anos, os golpistas deixaram no prejuízo pelo menos 2,7 milhões de investidores e movimentaram quase R$ 100 bilhões.

Mirelis, acusada de se passar por uma famosa DJ nos EUA, era casada com Glaidson Acácio dos Santos, considerado um dos líderes do golpe da GAS Consultoria. A empresa, acusada de operar um esquema de pirâmide financeira, movimentou R$38 bilhões, deixando muitos investidores com grandes prejuízos.

Além disso, há uma investigação sobre o assassinato de Wesley Pessano, no qual as autoridades acreditam que Glaidson possa ser o mandante. A esposa do Faraó dos Bitcoins é suspeita de sacar mais de R$1 bilhão em meio ao colapso da GAS. Além disso, comprou um Rolls Royce que dirigi pelas dos Estados Unidos, segundo o Fantástico.

A reportagem também destaca que ela ainda desconhecia a emissão de um novo pedido de prisão contra ela pela justiça. Contudo, continua na mira dos investigadores pelos seus possíveis crimes.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Nada vai fazer o Bitcoin parar, diz Michael Saylor. Entenda a tese da ‘alta infinita’ Antonio Ais, ‘Toin’ da Braiscompany, é preso na Argentina Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil