Notícias

Bitcoin perde suporte de US$ 20 mil. O que vem pela frente?

Nova desvalorização e indicadores on-chain devem refletir no desempenho da criptomoeda no mercado

O preço do bitcoin perdeu novamente o suporte de US$ 20 mil. Sem sinais de grande recuperação no curto prazo, analistas do mercado cripto apostam na queda ou lateralização da criptomoeda.

Somente nas últimas 24 horas, o preço do bitcoin acumula uma desvalorização de 4,71%, de acordo com o CoinMarketCap. Esse índice de queda representa a perda do nível de US$ 20 mil.

Agora, o bitcoin é cotado em US$ 19.551 no mercado. De acordo com o analista Michel van de Poppe, o ativo pode se recuperar e voltar a ser cotado acima de US$ 20 mil. Para ele, uma nova resistência de preço pode ser firmada em US$ 20,3 mil.

No entanto, Poppe apresenta uma variação entre US$ 19.300 e US$ 19.500 como sendo a nova resistência para o bitcoin, em um cenário onde a criptomoeda não recuperará o valor de US$ 20 mil.

“O Bitcoin não conseguiu manter essa zona de suporte e a correção aconteceu, incluindo todas as baixas e liquidez. Não estou interessado em longos indo para o CPI amanhã, olhando pessoalmente para uma recuperação de US$ 20,3 mil e ou US$ 19,3, 19,5 mil na região.”

Uma nova desvalorização do bitcoin


O analista on-chain do BlockTrends, Cauê Oliveira, prevê uma queda no preço do bitcoin em longo prazo. Ele não descarta uma nova desvalorização da criptomoeda no mercado.

Assim, considerando indicadores de preço como o Delta e o Balanceado, pode ser que uma nova correção aconteça baseada nesses índices. Se confirmado, a previsão aponta uma queda para até US$ 14.443 no mercado.

“Dois valores para ficar de olho no Bitcoin. O preço Delta e Balanceado serviram como ótimos indicadores de fundos nos últimos 3 momentos similares na história deste mercado.”

Forte resistência em US$ 19 mil


O acúmulo de bitcoin pode oferecer resistência para a variação de preço. O investidor Ali Martinez lembra que existem 375 mil unidades da criptomoeda que foram adquiridas entre a faixa de preço de US$ 19.150 e US$ 19.700.

Por outro lado, existe uma forte resistência em US$ 20.900. Para o investidor, um desses níveis deve ser quebrado para clarificar qual será o caminho trilhado pelo bitcoin no mercado.

“O Bitcoin fica em uma importante parede de demanda entre US$ 19.150 e US$ 19.700, onde 575.000 endereços possuem mais de 375.000 BTC. Se esse nível de suporte se mantiver, observe que o BTC enfrenta forte resistência em US$ 20.900. Um desses níveis deve ceder para desencadear um grande movimento de preços.”

Notícias relacionadas

Quer aprender a investir em criptoativos na bolsa, de forma prática e inteligente? Nós preparamos um curso gratuito com o passo a passo. Clique aqui para acessar.
Faraó do Bitcoin declara R$60 milhões em campanha política Brasil volta a crescer e PIB sobe 0,69% em junho Quanto os bilionários brasileiros já perderam em 2022 Como o Flamengo saiu da falência para o maior orçamento do Brasil Inflação mensal na Argentina supera a anual no Brasil em Julho