Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Binance encerra operações na Rússia e vende unidade para a CommEX

Binance, a maior exchange de criptomoedas do mundo, anunciou sua saída completa do mercado russo devido a crescentes riscos legais.

A plataforma da Binance optou por vender seu negócio na Rússia para a CommEX, uma exchange de criptomoedas que foi oficialmente lançada em 26 de setembro.

A decisão da Binance de se retirar da Rússia ocorre após meses de deliberação sobre a conformidade com as sanções ocidentais impostas ao país, especialmente após a invasão da Ucrânia. A exchange já vinha avaliando a possibilidade de vender seu negócio russo desde o mês passado e finalmente tomou a decisão.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

Noah Perlman, Diretor de Conformidade da Binance, destacou ao The Block que “operar na Rússia não é compatível com a estratégia de conformidade da Binance”. Desse modo, a empresa reiterou seu compromisso com a proteção de seus usuários e a manutenção da confiança em sua plataforma.

Além disso, a Binance confirmou que todos os ativos dos usuários russos existentes estão seguros. Assim como, afirmou que o processo de saída pode levar até um ano.

A CommEX, por outro lado, lançou um tutorial em seu site orientando como os usuários da Binance podem conectar suas contas à nova plataforma. Portanto, a Binance redirecionará imediatamente uma parte dos novos usuários russos que completaram os procedimentos KYC (Conheça Seu Cliente) para a CommEX.

Dificuldades legais e problemas internacionais

A saída da Binance da Rússia levanta questões sobre sua presença no país, especialmente após alegações de que estava ajudando os nacionais a transferir dinheiro para o exterior. A exchange também enfrentou desafios regulatórios nos EUA. No qual, a Comissão de Negociação de Futuros de Commodities e a Comissão de Valores Mobiliários tomou medidas legais contra ela.

Em resumo, a decisão da Binance de se retirar da Rússia e vender seu negócio para a CommEX é um reflexo das crescentes preocupações de conformidade e dos desafios regulatórios que a exchange enfrenta em vários mercados globais. A medida também destaca a importância da conformidade e da proteção do usuário no mundo das criptomoedas.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado “O único defensor do livre mercado no mundo é bizarramente da Argentina”, diz ex-gestor de George Soros Instituto mobiliza BTG e Starlink, de Musk, para garantir internet em meio a enchentes no RS Bybit começa a oferecer renda passiva em dólar descentralizado Baleia de Bitcoin acorda após 10 anos e move US$43,9 milhões que comprou por US$2 dólares