Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Economia

52 Anos após Bretton Woods: 2900% de aumento na base monetária

Em 1944, o mundo testemunhou um marco histórico na economia global: a Conferência de Bretton Woods, que mudou o paradigma monetário.

Realizada em uma pequena cidade de New Hampshire, nos EUA, a reunião da conferência de Bretton Woods redefiniu o sistema financeiro mundial. No entanto, o que muitos não percebem é a transformação drástica que ocorreu desde então, especialmente no poder de compra das pessoas.

Antes de Bretton Woods, o padrão-ouro era a norma. As moedas eram lastreadas por ouro, garantindo estabilidade. No entanto, a conferência introduziu um novo sistema, onde o dólar americano tornou-se a principal moeda de reserva, inicialmente lastreada em ouro. Mas em 1971, esse lastreamento foi abolida, dando origem à economia fiduciária que conhecemos hoje.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

A decisão de abandonar o padrão-ouro teve implicações profundas. Desde então, a base monetária disparou em mais de 2900%, como mostra dados do BlockTrends Research. Em termos simples, isso significa que o dinheiro em circulação aumentou exponencialmente. 

E o resultado? A diluição do poder de compra das pessoas. Além disso, a inflação de preços disparou em 647% neste período. Para muitos, isso representou uma erosão constante da riqueza.

A revolução surge novamente, só que melhor

Mas, como em toda crise, surgem oportunidades. E a resposta à instabilidade do sistema fiduciário veio na forma de uma inovação digital: o Bitcoin. Criado em 2009, o Bitcoin oferece uma alternativa ao sistema financeiro tradicional. 

Descentralizado e resistente à censura, ele não depende de bancos centrais ou governos. Em vez disso, utiliza a tecnologia blockchain para garantir transações seguras e transparentes.

O Bitcoin representa mais do que apenas uma moeda digital. Ele desafia a norma estabelecida, propondo um sistema onde o valor não é determinado por políticas governamentais, mas pela oferta e demanda. Em um mundo onde a confiança nas instituições financeiras está abalada, o Bitcoin surge como uma luz no fim do túnel.

Portanto, se expor ao bitcoin torna-se uma tarefa essencial para aqueles que desejam preservar seu poder de compra. Uma boa forma de fazer isto, na prática, é através da Bipa, a plataforma brasileira de compra e venda de bitcoin que permite transacionar a partir de 1R$.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado “O único defensor do livre mercado no mundo é bizarramente da Argentina”, diz ex-gestor de George Soros Instituto mobiliza BTG e Starlink, de Musk, para garantir internet em meio a enchentes no RS Bybit começa a oferecer renda passiva em dólar descentralizado Baleia de Bitcoin acorda após 10 anos e move US$43,9 milhões que comprou por US$2 dólares