Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Twitter suspende Spaces após Musk ser confrontado por jornalistas banidos da plataforma

Banimentos no Twitter tem se tornado comuns e tomados sobre decisões discricionárias envolvendo o próprio Elon Musk, dono da rede social.

A suspensão da conta que rastreava o Jato de Elon Musk foi assunto para jornalistas ligados não apenas a tecnologia, tendo em vista que Elon Musk usou tal conta de exemplo para expor sua defesa da liberdade de expressão.

Em 6 de novembro, Musk declarou que “a minha defesa da liberdade de expressão inclui preservar o direito até mesmo daqueles que falam sobre mim, como a conta que rastreia meu avião particular”.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

Nesta terça-feira, um grupo de stalkers perseguiu um carro com um dos filhos do empresário, acreditando se tratar de ele próprio. Os perseguidores chegaram a subir no capô do carro, bloqueando seu trânsito. O ataque foi o suficiente para Musk determinar que contas que garantem a localização de pessoas devem ser banidas do Twitter.

A conta, criada pelo estudante Jack Sweeney, utilizava dados públicos para mostrar a posição, e as viagens, do Jato de Musk.

Como consequência, diversos jornalistas proeminentes cobriram a história para abordar a inconsistência na defesa de liberdade de expressão de Musk (tendo em vista que os dados expostos pela conta eram públicos).

Na sequência, o Twitter baniu tais jornalistas.

Na noite de ontem, um Spaces, a ferramenta de áudio lançada pelo Twitter, foi organizado, contando com a presença de alguns destes jornalistas.

Ocorre que de alguma forma, mesmo contas suspensas conseguiam participar de Spaces.

Ao ser questionado sobre o caso, Musk saiu do Spaces. Algumas horas depois, a ferramenta foi completamente banida da plataforma. 

Não há ainda posicionamento do Twitter sobre o ocorrido. 

As suspensões incluíram ainda o perfil da rede social Mastodon, concorrente do Twitter. Os jornalistas banidos são vinculados a jornais como The Washington Post (de propriedade de Jeff Bezos, que também possuía uma conta que rastreava seu avião, que acabou banida), The New York Times, CNN, MSNBC e The Intercept.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Zicou? Faria Lima terá estátua em homenagem a Satoshi Nakamoto Pós-Halving, comprar um pão em Bitcoin custa R$660? Pela primeira vez em 15 anos, todos bilionários com menos de 30 anos são herdeiros. E isso é ótimo para o Bitcoin Alguém lembrou de 50 centavos em BTC guardados em 2010. Agora valem US$3,3 milhões Por que o Bitcoin está caindo tanto nesta sexta-feira (12)