Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Netflix lança assinatura com propagandas nos vídeos por R$18,90

Apesar de o preço do serviço ter caído quando considerada a inflação, a Netflix mira agora em um valor ainda mais baixo.

Lançada em 5 de setembro de 2011 no Brasil, a Netflix chegou por aqui custando R$14,99 no plano básico. Desde então, a empresa cresceu em investimentos e tarifas.

Se em 2011, quando lançou seu primeiro conteúdo proprietário, House of Cards, a empresa investiu cerca de US$1 bilhão por ano, em 2021 foram US$17 bilhões de dólares.

O crescimento nos gastos para dar ao assinante mais opções próprias e se tornar menos dependente de conteúdo de terceiros, que dependem de negociações de direitos autorais, foi em partes repassado aos assinantes.

No Brasil, porém, o preço caiu. Medido pelo IPCA, a média da inflação brasileira, o preço da assinatura básica caiu. Os R$15 de antes equivalem a R$28,30 hoje, comparado ao valor real de R$25,90 na assinatura do plano.

Em dólares, porém, a assinatura ficou ainda mais barata. Em setembro de 2011, a assinatura custava US$8,92, contra os US$4,98 atuais.

Agora, a plataforma de streaming está propondo lançar um serviço ainda mais barato, na busca por aumentar a sua base de assinantes. A Netflix lançou hoje um plano de R$18,90, que prevê a veiculação de anúncios.

Serão cerca de 4 minutos de “intervalo comercial”, para cada 1h de conteúdo.

O detalhe, porém, é que os anúncios poderão ser exibidos no meio das séries e filmes. Isso implica dizer que, ao maratonar uma série de 8 episódios de 1h, você ganhará ainda meia hora de comerciais.

A estratégia já é adotada por plataformas como Globoplay, além do Youtube, onde o serviço sem interrupções cobra um determinado valor dos usuários. 

O mercado de publicidade online no Brasil atingiu R$30,2 bilhões.

Por aqui, o faturamento das plataformas de streaming faturou R$14,2 bilhões em 2020, ultrapassando pela primeira vez o faturamento das empresas de TV aberta. A distância entre os dois mercados, porém, tende apenas a crescer. 

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Nada vai fazer o Bitcoin parar, diz Michael Saylor. Entenda a tese da ‘alta infinita’ Antonio Ais, ‘Toin’ da Braiscompany, é preso na Argentina Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil