Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Investimentos

Michael Jordan vende time da NBA por US$3 bilhões

A lenda do basquete, Michael Jordan, vendeu o time da NBA, Charlotte Hornets, por uma quantia impressionante de US$ 3 bilhões.

Michael Jordan, a lenda do basquete e seis vezes campeão da NBA, fez história novamente, mas desta vez fora das quadras. Jordan recentemente vendeu o time da NBA, Charlotte Hornets, por uma quantia impressionante de US$ 3 bilhões.

Depois de 13 anos como sócio majoritário do Charlotte Hornets, Jordan decidiu vender a franquia. A oferta foi aceita do consórcio Dyal HomeCourt Partners, liderado por Gabe Plotkin e Rick Schnall. Esta venda marca um marco significativo na carreira de Jordan, que se tornou sócio do Charlotte Bobcats em 2006, que mais tarde passou por uma reformulação e se tornou o Charlotte Hornets.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +30 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

A venda da participação majoritária de Jordan no Hornets segue várias outras vendas recentes na NBA, destacando a dinâmica em constante mudança da propriedade da liga. Apesar da venda, há rumores de que Jordan planeja continuar envolvido com a NBA, possivelmente em um papel de direção.

Esta transação é um testemunho do impacto duradouro de Jordan no basquete e do seu desejo de continuar a contribuir para o esporte que o fez famoso. Ainda que ele esteja se afastando da propriedade de uma equipe, a influência de Jordan na NBA e no mundo do basquete como um todo é inegável.

Valorização da NBA

A venda da franquia Charlotte Hornets por Michael Jordan é um evento significativo, não apenas para o próprio Jordan, mas também para a NBA e o mundo do basquete. A transação de US$ 3 bilhões é uma das maiores na história da liga e reflete o valor crescente das franquias da NBA. Ao todo, os 30 times da NBA valem coletivamente US$90 bilhões.

Jordan, que é nativo da Carolina do Norte, sempre teve um vínculo especial com o Hornets. Ele se tornou sócio majoritário da equipe em 2010, após a reformulação do Charlotte Bobcats. Durante seu tempo como proprietário, Jordan teve um papel ativo na gestão da equipe, esforçando-se para criar uma franquia competitiva e bem-sucedida.

A decisão de vender a franquia não foi fácil para Jordan. No entanto, ele acredita que a venda para o consórcio Dyal HomeCourt Partners, liderado por Gabe Plotkin e Rick Schnall, é o melhor para o futuro da equipe. O consórcio tem experiência em gestão esportiva e está comprometido em manter a competitividade do Hornets.

Gigante fora das quadras

Ao longo de sua carreira, Michael Jordan acumulou uma fortuna considerável, tanto dentro quanto fora das quadras. De acordo com a revista Forbes, Jordan ganhou um total de $90 milhões em salários durante sua carreira como jogador da NBA. No entanto, a maior parte de sua riqueza vem de parcerias corporativas, principalmente com a Nike.

Estima-se que o patrimônio líquido de Jordan seja de cerca de US$ 1,7 bilhão. Uma grande parte desse patrimônio vem de sua parceria com a Nike, que resultou na marca Jordan. Jordan recebe royalties de 5% sobre as vendas da marca Jordan, que é uma subsidiária da Nike. Em 2022, graças ao seu acordo de licenciamento com a Nike, Jordan ganhou mais de $256 milhões em um único ano fiscal.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Mt. Gox diz que vai pagar US$ 8 bilhões aos credores semana que vem Ancord e BlockTrends lançam primeira Certificação em Criptoativos do Mercado Financeiro e de Capitais Donald Trump Agora Possui US$ 30 Milhões em Memecoins DOG é listada na Bybit e atinge máxima histórica pelo segundo dia consecutivo DOG, memecoin no Bitcoin, atinge nova máxima histórica