Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Crypto.com é acusada de negociar contra os próprios usuários

A Crypto.com, uma das principais exchanges do mundo com sede em Singapura, foi acusada de operar mesas de negociação visando lucro.

De acordo com cinco fontes não identificadas citadas pelo Financial Times, a exchange Crypto.com opera equipes internas para negociação de ativos digitais com o objetivo de obter lucro​​. Além disso, os funcionários foram orientados a manter as operações em segredo​.

As fontes anônimas afirmaram que os executivos da bolsa forneceram declarações juramentadas dramáticas a outras casas de negociação externas. Assim, garantiram que a Crypto.com não estava de forma alguma envolvida em operações de negociação​.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

No entanto, alegações sugerem que a mesa de negociação proprietária da empresa opera tanto na própria bolsa da empresa quanto em outros locais. Dessa forma, visa gerar lucro, e não de facilitar a liquidez da plataforma.

Portanto, isso é algo que pode gerar conflito de interesses, tendo informações privilegiadas do próprio livro de ofertas. Este modelo conjunto de operação e oferta foi apontado no caso da SEC contra a Coinbase e Binance.

Em resposta às alegações, um representante da Crypto.com afirmou que ter um formador de mercado interno “não é uma prática controversa”.

Segundo o porta-voz, “Temos um formador de mercado interno que opera na bolsa Crypto.com e esse formador de mercado interno é tratado exatamente da mesma forma que os formadores de mercado de terceiros que facilitam spreads apertados e mercados eficientes em nossa plataforma”​​.

A exchange tem um aplicativo para traders de varejo, onde é a contraparte do cliente para as transações. Lá, a Crypto.com opera como um “modelo de corretora”.

O porta-voz da empresa esclareceu que a equipe de negociação da Crypto.com garante que a bolsa seja neutra em risco, cobrindo essas posições em vários locais, incluindo a própria bolsa Crypto.com.

“Todas as empresas que operam no setor de negociação comparam volumes com seus concorrentes”, disse a Crypto.com.

Também acrescentou que sua prioridade era “melhorar continuamente a liquidez do livro de ordens e reduzir spreads. Pois, resulta em um mercado mais eficiente para todos os participantes”​.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Ex-CEO da Binance pode ser condenado a 3 anos de prisão (não 4), e pede desculpas Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin, desapareceu há exatos 13 anos Google é forçado a desincentivar novos candidatos políticos Magic Eden adiciona suporte para Runes do Bitcoin Dona da CazéTV agora pertence à XP Inc e vai expandir globalmente