Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Investimentos

Magazine Luiza cai 10% após descoberta de “irregularidades” 

Denúncia anônima instaurou pânico em investidores da varejista.

O Magazine Luiza publicou seus números referentes ao último trimestre de 2022, apontando um prejuízo de R$35,9 milhões, revertendo um lucro de R$93 milhões no mesmo período de 2021.

A margem Ebitda, o “Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização”, atingiu R$642,3 milhões, uma melhora significativa ante igual período de 2021, quando a empresa teve uma Ebitda negativa de R$7,9 milhões.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

Os dados da companhia, porém, têm sido pouco relevantes para o mercado no dia de hoje.

O que chama atenção é um Fato Relevante em separado apontando que o comitê da empresa recebeu e irá iniciar apuração sobre denúncias de relações suspeitas no pagamento de bônus a fornecedores.

A prática do bônus paga pelo fornecedor a empresa por comprar determinada quantidade de produtos é comum no mercado, como forma de incentivo. O que ficou dúbio, porém, é se houve excesso de compras por parte da empresa, ou algum agente envolvido, para receber mais do que deveria em termos de bônus.

Um excesso de compras poderia implicar uma maquiagem, ainda que sutil, no resultado final.

O Comitê informou que o compliance da empresa está investigando e irá reportar as conclusões assim que finalizar as investigações.

De antemão, o conselho informa que as compras referem-se a fornecedores responsáveis por 3,5% do total de compras da empresa. 
Com o varejo sob estresse após o ocorrido com a Americanas e a alta nos juros, além do crédito escasso, investidores têm punido as ações do “Magalu”, que opera em queda de 10%. A empresa vale hoje R$20,4 bilhões, uma fração dos R$160 bilhões em meados de 2021. 

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas