Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Governo americano deve resgatar criptobancos com US$13 bilhões

Sistema que garante liquidez aos bancos americanos têm apoiado instituições ligadas ao setor cripto e gerado críticas.

Dois empréstimos por parte do Federal Home Loan Banks, um consórcio que reúne 6500 bancos americanos, supervisionado pela Agência Federal de Finanças e Habitação. 

O FHLB faz parte de uma modalidade criada pelo governo americano em 1916 que visa garantir liquidez e liquidez ao sistema financeiro. Em resumo, similar ao nosso “Sistema Financeiro de Habitação”.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

Também como aqui, os recursos que compõem o sistema são de origem privada (ainda que por aqui tenhamos bancos públicos compondo o sistema).

Em 2022, por exemplo, o FHLB ultrapassou o Tesouro americano como o maior emissor de dívida do planeta, chegando a US$1,2 trilhão no primeiro semestre. 

Na maior parte, os títulos possuem duração curta, cumprindo os requisitos de liquidez do sistema com operações que podem durar 1 dia, por exemplo. 

No longo prazo, o FHLB também atua fornecendo empréstimos para bancos em dificuldades financeiras. E é neste aspecto que se enquadram ao menos 2 criptobancos.

O Signature Bank, fundado em 2001, e o Silvergate Bank, fundado em 1988.

Como você já deve ter notado, ambos os bancos não nasceram com foco em criptoativos, algo criado em 2008, mas sim como bancos comerciais. 

E é justamente essa licença bancária que permite aos 2 aplicarem solicitação de crédito junto ao FHLB. 

O FHLB por sua vez já teria concordado em estender um empréstimo de US$4,3 bilhões ao Silvergate, que viu seus depósitos caírem de US$12 para US$3 bilhões no último trimestre de 2022, além de US$11,3 bilhões aos Signature Bank.

O Silvergate, com foco em empréstimos ao setor de cripto, viu um prejuízo de US$1 bilhão no último trimestre do ano, na sequência do colapso da FTX.

Já o Signature Bank alegou tratar-se de empréstimos comuns, tendo em vista os US$110 bilhões em ativos do banco. Ainda assim, na última semana o Signature suspendeu uma relação com a Binance na qual era o provedor de transações por meio do SWIFT para clientes da exchange. 

A situação tem sido fortemente criticada, em especial pela bancada Democrata no Congresso americano, que defende que uma integração entre o setor cripto e o sistema financeiro tradicional pode elevar os riscos ao sistema. 

O jornal Wall Street Journal também questionou a atuação do FHLB no caso.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado “O único defensor do livre mercado no mundo é bizarramente da Argentina”, diz ex-gestor de George Soros Instituto mobiliza BTG e Starlink, de Musk, para garantir internet em meio a enchentes no RS Bybit começa a oferecer renda passiva em dólar descentralizado Baleia de Bitcoin acorda após 10 anos e move US$43,9 milhões que comprou por US$2 dólares
Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado “O único defensor do livre mercado no mundo é bizarramente da Argentina”, diz ex-gestor de George Soros Instituto mobiliza BTG e Starlink, de Musk, para garantir internet em meio a enchentes no RS Bybit começa a oferecer renda passiva em dólar descentralizado Baleia de Bitcoin acorda após 10 anos e move US$43,9 milhões que comprou por US$2 dólares