Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Fortuna de ex-CEO da FTX caiu de US$ 26 bilhões para US$ 100 mil

Quase todo o patrimônio pessoal de Sam Bankman-Fried estava investido na exchange, que entrou com pedido de falência no último mês.

Além de afetar milhares de clientes em todo o mundo, o colapso da empresa FTX reduziu drasticamente a fortuna do criador e ex-CEO da plataforma, Sam Bankman-Fried. Antes da exchange enfrentar problemas de liquidez, o empresário tinha um patrimônio de mais de US$ 26 bilhões.

No entanto, esse valor caiu para apenas US$ 100 mil no último mês, segundo entrevista do ex-CEO da FTX. Ele declarou que este é o valor que sobrou em sua conta bancária depois da falência da exchange.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

Antes do colapso da FTX, Sam Bankman-Fried era apontado como um dos maiores bilionários do mercado cripto. A exchange criada por ele, foi fundada em maio de 2019, e rapidamente se transformou em uma das plataformas mais utilizadas entre os usuários para negociar criptomoedas.

Mas, problemas de liquidez da FTX vieram à tona através de mensagens divulgadas por Changpeng Zhao, cofundador e CEO da Binance. Em uma troca de tweets entre Bankman-Fried e o Zhao, o mercado cripto foi surpreendido com indícios de falta de liquidez na plataforma.

O problema foi anunciado pouco tempo depois do CEO da Binance falar sobre a falta de liquidez da FTX. Um acordo entre os dois poderia resultar na compra da exchange pelo grupo da Binance, mas a negociação não foi adiante.

Fortuna de ex-CEO caiu para US$ 100 mil


A fortuna de Sam Bankman-Fried foi reduzida para US$ 100 mil logo após o colapso da FTX. Até o início de 2022, o executivo havia declarado que possuía um patrimônio pessoal de US$ 26,5 bilhões.

O ex-CEO da exchange explica que sua situação está “complicada” com o colapso da FTX. Todo o patrimônio dele estava alocado na exchange, que entrou com pedido de falência no último mês.

Dessa forma, Sam Bankman-Fried viu sua fortuna ser diminuída com os problemas enfrentados pela exchange que resultaram no pedido de recuperação judicial. O valor que sobrou do patrimônio dele estava armazenado em uma conta bancária, através de moeda fiduciária.

Assim como os demais clientes, que não puderam sacar suas criptomoedas da plataforma, a fortuna de Sam Bankman-Fried agora faz parte do processo de recuperação judicial da empresa. Todo o patrimônio da exchange será auditado pela equipe que está conduzindo o pedido de falência, e o valor total arrecadado servirá para ressarcir os usuários da exchange.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Ancord e BlockTrends lançam primeira Certificação em Criptoativos do Mercado Financeiro e de Capitais Donald Trump Agora Possui US$ 30 Milhões em Memecoins DOG é listada na Bybit e atinge máxima histórica pelo segundo dia consecutivo DOG, memecoin no Bitcoin, atinge nova máxima histórica Investidor lucra mais de US$180 mil (154.724%) com bug de Berkshire Hathaway