Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Ex-CFO da Terra LUNA acusado de suposto marketing fraudulento

Autoridades extraditaram Han de Montenegro na segunda-feira, após terem o prendido em março do ano passado por ele tentar viajar com documentos falsificados.

As autoridades sul-coreanas prenderam Han Chang-joon, ex-diretor financeiro da Terraform Labs (LUNA), nesta quinta-feira (8). Desse modo, acusando-o de obter 53,6 bilhões de won coreanos (aproximadamente US$ 40 milhões) em lucros injustos através do marketing fraudulento da stablecoin Terra. As informações são primariamente de veículos de notícias locais.

Autoridades extraditaram Han de Montenegro na segunda-feira, após terem o prendido em março do ano passado por ele tentar viajar com documentos falsificados. A prisão ocorreu em conjunto com a do cofundador da Terra, Kwon Do-hyeong, mais conhecido como Do Kwon.

Nesse sentido, os promotores de Seul agora acusam Han de participar da venda fraudulenta de criptomoedas. Assim, promovendo deliberadamente a falsa premissa de que a Terra poderia ser utilizada como uma opção de pagamento no mundo real, informou a agência de notícias sul-coreana Newsis.

Na segunda-feira, um ex-desenvolvedor da Terra testemunhou durante o julgamento de ex-membros da Terra em Seul. Ele afirmou que os membros executivos da Terraform Labs estavam cientes de que a stablecoin Terra não poderia ser utilizada para pagamentos devido a regulamentações locais.

Argumentos do co-fundador de Terra LUNA

Shin Hyun-seung, cofundador da Terra, presente no julgamento, argumentou que os reguladores não haviam estabelecido uma posição clara sobre o uso de criptomoedas como método de pagamento.

Outras acusações contra Han incluem a venda da criptomoeda Luna sem o devido registro de valores mobiliários. Visto que as autoridades locais veem o token como contratos de investimento.

Além disso, o vazamento de cerca de 100 milhões de registros financeiros de clientes do Chai Pay para o blockchain da Terra, de acordo com o relatório. Chai é uma empresa de pagamentos criada por Shin Hyun-seung (Daniel Shin) que estava intimamente ligada à Terraform Labs.

Enquanto isso, Do Kwon permanece sob custódia em Montenegro, enquanto as autoridades locais ainda deliberam sobre sua extradição para os EUA ou Coreia do Sul. Seu período de detenção deve terminar em 15 de fevereiro.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos