Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Como um desenvolvedor queimou US$ 10 milhões de investidores em cripto

Ao tentar preparar tudo para o lançamento, desenvolvedor diz que acidentalmente “queimou” as moedas, o que significa que ele as removeu permanentemente do mercado.

Um movimento bastante interessante chamou a atenção dos investidores de criptomoedas nesta semana. Na segunda-feira (18), um desenvolvedor cripto queimou o equivalente a US$ 10 milhões em criptomoedas, enviados a ele por terceiros.

Antes de tudo, vale explicar que o valor foi enviado a ele por outros investidores. O objetivo aqui era levantar capital para financiar a criação de uma nova criptomoeda meme, ou memecoin. Esse financiamento de criptomoedas é um movimento que está ganhando tração no mercado.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

Desse modo, tem sido feito por meio do Twitter. Ou seja, o desenvolvedor anuncia que irá criar uma nova criptomoeda, e que ela tem um potencial alto de valorização. Após isso, o desenvolvedor pede para que seus seguidores interessados enviem dinheiro a ele, e como recompensa irão receber um montante da criptomoeda assim que lançada no mercado.

Desenvolvedor queimou US$ 10 milhões e pediu desculpas

Contudo, a memecoin chamada Slerf, enfrentou desafios em seu surgimento. O desenvolvedor anônimo recebeu cerca de US$ 10 milhões em tokens SOL, a criptomoeda da Solana, um blockchain.

Sendo assim, antes de distribuir as moedas Slerf para quem comprou antecipadamente, o desenvolvedor cometeu um grande erro. Ao tentar preparar tudo para o lançamento, ele diz que acidentalmente “queimou” as moedas, o que significa que ele as removeu permanentemente do mercado.

Na realidade, o desenvolvedor queimou os tokens de pools de liquidez (LP). Os tokens LP, funcionam como um comprovante de que você contribuiu com liquidez, ou dinheiro, para que seja possível a negociação de criptomoedas.

Portanto, eles são importantes porque facilitam as trocas. Assim, o investidor pode trocar suas criptomoedas de forma mais eficiente, sem precisar encontrar alguém com a troca exata que você quer. A negociação acontece por meio de formadores de mercado, e contratos inteligentes.

Em termos práticos, o recibo (LP) dos US$ 10 milhões que os investidores enviaram a ele foi jogado em uma lixeira digital para sempre. Desse modo, fazendo com que as pessoas que pagaram por elas não pudessem mais recebê-las.

Ao perceber seu erro, o desenvolvedor do Slerf postou “oh fuck” (algo como “oh merda”) no X, e depois explicou a situação e pediu desculpas em uma postagem 10 minutos depois. O desenvolvedor foi ao X (uma rede social) e disse: “Pessoal, eu estraguei tudo. Não tem nada que eu possa fazer para consertar isso. Eu sinto muito mesmo.”

Desenvolvedor Slerf
(Imagem: X)

Memecoin ‘ressurge’ como Fênix

Contudo, mesmo com seu lançamento desastroso, a Slerf começou a receber um grande volume de negociação no mercado, gerando mais de US$ 2 bilhões em negociações nas primeiras 12 horas e atraindo cerca de 74.000 pessoas interessadas em comprar e vender a moeda. 

Parece que o erro do desenvolvedor fez com que mais pessoas quisessem participar, talvez pensando “O que mais poderia dar errado?” e decidiram investir na moeda mesmo assim. Além disso, os afetados especularam que a única “solução” para remediar esse desastre seria “levar a criptomoeda para a lua”. Ou seja, valorizar ela.

Além disso, vale dizer que alguns observadores suspeitam que o erro pode não ter sido tão acidental assim e que poderia ser uma estratégia para chamar mais atenção para a moeda Slerf.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Pela primeira vez em 15 anos, todos bilionários com menos de 30 anos são herdeiros. E isso é ótimo para o Bitcoin Alguém lembrou de 50 centavos em BTC guardados em 2010. Agora valem US$3,3 milhões Por que o Bitcoin está caindo tanto nesta sexta-feira (12) Quanto valem as criptomoedas de Times Brasileiros Golpe faz investidores perderem R$1,3 milhão em 2 minutos em criptomoeda