Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Credora BlockFi paralisa saques após colapso da FTX

Empresa afirmou que a retirada de criptomoedas será restabelecida somente após exchange esclarecer os problemas de liquidez.

A credora de criptomoedas BlockFi anunciou que suspenderá temporariamente os saques na plataforma. De acordo com a empresa, a medida foi tomada logo após a FTX anunciar problemas de liquidez na exchange.

A BlockFi publicou um comunicado no Twitter, dizendo que está “chocada” com o que aconteceu com a FTX e a Alameda Research. Assim como todo mundo, a credora soube da falta de liquidez da exchange através de mensagens no Twitter divulgadas nos últimos dias por Changpeng Zhao, CEO da Binance, e Sam Bankman-Fried, ex-CEO da FTX.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

“Estamos chocados e consternados com as notícias sobre FTX e Alameda. Nós, como o resto do mundo, soubemos desta situação através do Twitter. Dada a falta de clareza sobre o status de FTX.com, FTX US e Alameda, não estamos capaz de operar normalmente.”

Embora não tenha publicado informações sobre como o colapso da FTX afeta diretamente a BlockFi, a empresa alega que a suspensão dos saques está atrelada aos problemas enfrentados pela exchange.

BlockFi suspende saques


Os saques de criptomoedas na BlockFi foram suspendidos nesta última quinta-feira (11). Sem mencionar data para retomada das operações de retiradas da plataforma, o anúncio fala que a medida foi acatada para proteger os fundos dos clientes.

A mensagem da credora no Twitter fala que os saques serão retomados somente após o colapso da FTX for esclarecido. Para a BlockFi, falta clareza sobre o que aconteceu com a exchange.

“Até que haja mais clareza, limitaremos a atividade da plataforma, incluindo pausas em saques de clientes conforme permitido em nossos Termos. Compartilharemos mais detalhes conforme assim for possível.”

Nas últimas duas semanas, a FTX entrou em colapso devido a problemas de liquidez na plataforma. Desde então, a exchange tentou recorrer a uma linha de crédito para voltar a prover liquidez para a plataforma, pedindo ajuda até para a Binance.

Mas, a exchange criada por Changpeng Zhao se recusou a ajudar a FTX, em uma negociação que incluía a compra da plataforma cripto. Assim, sem conseguir normalizar a liquidez do negócio, um pedido de falência foi apresentado nos Estados Unidos, onde é citado que a Alameda Research pode ter um passivo de até US$ 50 bilhões nas contas da empresa.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas