Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Argentina anuncia 9º congelamento de preços em 9 anos

Envolta em uma crise econômica que já perdura quase uma década, a Argentina voltou a anunciar congelamento de preços

O fim do boom das commodities no início da década atual acertou países como Brasil e Argentina em cheio. Acostumados aos anos de bonança, ambos os países se viram em meio a uma expansão desenfreada de gastos públicos, agora sem a contrapartida na receita.

No caso argentino, a situação tornou-se ainda pior, tendo em vista o perfil do endividamento do governo. Há décadas a Argentina convive com uma dívida praticamente toda dolarizada, o que demanda o uso de receitas com exportações de commodities agrícolas para pagar os compromissos do governo.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

Essa situação, somada à ausência de políticas econômicas como as adotadas pelo Brasil nos anos 90, mergulhou o país em uma situação de difícil reversão.

Na prática, o governo argentino gasta em excesso, incluindo quase 4% do PIB em subsídios de contas de água e luz para seus cidadãos, e este gasto é pago com a impressão de moeda pelo banco central.

O dólar, a moeda que o governo necessita para pagar suas dívidas, tornou-se escasso, enquanto o peso abundante. A situação, que faz os argentinos se refugiarem em moedas como o Bitcoin (que não pode ser controlado pelo governo local), também afeta outras políticas de governo.

Para amenizar a situação das famílias, o governo amplia gastos sociais, o que por sua vez pressiona ainda mais o orçamento, forçando o Banco Central a emitir ainda mais dinheiro. 

Agora, como em outras 8 vezes desde 2013, o governo do país anunciou medidas para congelar os preços.

O congelamento deve durar 120 dias e afetará 86% dos produtos considerados de consumo de massa.

Empresas que descumprirem o congelamento poderão ser multadas em até US$240 milhões.

A inflação no país atingiu 6,2% apenas no mês de setembro. Para o ano, a previsão é de que encoste nos 100%.


A grande novidade do atual congelamento é o uso de um app, o “Mi Argentina”, para verificar os preços de referência.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado “O único defensor do livre mercado no mundo é bizarramente da Argentina”, diz ex-gestor de George Soros Instituto mobiliza BTG e Starlink, de Musk, para garantir internet em meio a enchentes no RS Bybit começa a oferecer renda passiva em dólar descentralizado Baleia de Bitcoin acorda após 10 anos e move US$43,9 milhões que comprou por US$2 dólares