Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Investimentos

Alibaba se divide em 6 empresas e sobe 15% no dia

Alibaba, a gigante chinesa de comércio eletrônico, anunciou uma reorganização em seis grupos de negócios, cada um com capacidade de realizar IPO, em uma tentativa de impulsionar o crescimento e desbloquear valor para seus acionistas.

A gigante chinesa de comércio eletrônico, Alibaba, anunciou uma importante reorganização, dividindo sua empresa em seis grupos de negócios, cada um com a capacidade de realizar IPO.

Cada grupo será gerenciado por um CEO e Conselho Administrativo próprios, permitindo que a empresa desbloqueie valor para seus acionistas e promova a competitividade do mercado. As ações da Alibaba subiram mais de 15% em resposta à notícia.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

A mudança ocorre em um momento em que a Alibaba enfrenta desafios em decorrência da desaceleração do crescimento econômico chinês e da regulamentação mais rigorosa de Pequim. A empresa tem experimentado dificuldades de crescimento nos últimos trimestres.

Alibaba Desmembrada

A Alibaba agora está buscando reativar o crescimento com a reorganização. Os grupos de negócios girarão em torno de suas prioridades estratégicas.

A primeira unidade será a de Inteligência em Nuvem, que será liderada pelo CEO Daniel Zhang. Esta unidade abrigará as atividades de nuvem e inteligência artificial da empresa.

A segunda empresa será a de E-commerce, que cobrirá as plataformas de compras on-line da empresa, incluindo Taobao e Tmall.

A terceira companhia será a de Serviços Locais, liderada pelo CEO Yu Yongfu, e abrangerá o serviço de entrega de alimentos Ele.me da Alibaba, bem como seu mapeamento.

A quarta unidade será a de Cainiao Smart Logistics, que continuará sendo liderada pelo CEO Wan Lin e abrigará o serviço de logística da Alibaba.

A quinta fatia será o Grupo de Comércio Digital Global, liderada pelo CEO Jiang Fan. Esta unidade incluirá os negócios internacionais de comércio eletrônico da Alibaba, como AliExpress e Lazada.

Além disso, haverá uma sexta unidade dedicada ao Grupo de Mídia Digital e Entretenimento, liderada pelo CEO Fan Luyuan, que incluirá os negócios de streaming e cinema da Alibaba.

Com essa reorganização, a Alibaba espera melhorar sua eficiência e flexibilidade, permitindo que cada unidade se concentre em suas próprias operações e cresça de forma independente. Cada unidade será capaz de tomar decisões mais rápidas e se adaptar melhor às mudanças do mercado, o que deverá impulsionar o crescimento geral da empresa.

Regulação Chinesa

Aproximadamente US$600 bilhões de valor foram eliminados desde o pico do preço das ações da Alibaba em outubro de 2020. Desde então, o governo chinês intensificou a regulamentação das empresas de tecnologia privadas, introduzindo uma série de regulamentações e aumentando a fiscalização sobre as práticas dos gigantes nacionais.

A afiliada de fintech da Alibaba, a Ant Group, foi forçada pelos reguladores a cancelar sua mega oferta pública em novembro de 2020. Em 2021, a Alibaba foi multada em US$2,6 bilhões como parte de uma investigação antitruste.

A Alibaba agora está buscando reativar o crescimento. A empresa se expandiu para uma gigante que abrange negócios desde e-commerce até computação em nuvem, streaming e logística.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas