Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

“Sou um pecador”, diz ex-oficial do PCCh que apoiou mineração de cripto na China

Oficial do Partido Comunista vai a TV estatal confessar crimes para ajudar mineração de Bitcoin.

As mais de 13 medidas do governo comunista chinês em direção ao banimento do Bitcoin e atividades correlacionadas não impediram que um oficial do partido, Xiao Yi, tenha atuado para facilitar a vida de mineradores na cidade de Fucheu.

Xiao era o oficial do partido designado para a cidade, que é a capital da província de Fujian, com 41 milhões de habitantes.

Segundo o partido, Xiao teria ajudado empresas de mineração de cripto a fraudar as leis se disfarçando como empresas de computação na nuvem ou data centers. 

A fraude rendeu R$100 milhões em subornos para Xiao, que agora se diz um “pecador” com ambições políticas descabidas, em depoimento a TV estatal chinesa.

As fraudes de Xiao colaboraram ainda para que a empresa conseguisse crédito junto a bancos públicos da ordem de R$1,9 bilhão.

Xiao comandou a cidade de 7 milhões de habitantes entre 2017 e 2021, período no qual foi afastado, acusado de traição pelo partido.

Por ter colaborado para que cerca de 10% da energia consumida pela cidade fosse desviada para um fim considerado ilegal, a punição de Xiao tornou-se um exemplo dentre a linha que o dirigente do país, Xi Jinping, espera adotar de combate a divergências dentro do partido.

Xi assumiu no último ano um novo mandato, com poderes ainda maiores que o tornam soberano para tomar medidas e consolidar o país.

Sua visão deve ter impacto significativo sobre empresas chinesas em tecnologia, como mostrou a punição a Ant Financial, do grupo Alibaba, que teve restrições impostas pelo governo.

O caso colaborou para uma queda significativa no valor de mercado de companhias chinesas, além de desconfianças crescentes em outros países sobre empresas do país e a possibilidade de que a China pode ter acesso a dados de usuários, como no caso do TikTok.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com



Nada vai fazer o Bitcoin parar, diz Michael Saylor. Entenda a tese da ‘alta infinita’ Antonio Ais, ‘Toin’ da Braiscompany, é preso na Argentina Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil