Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

X.AI, de Elon Musk, espera levantar US$ 1 bilhão

A X.AI busca competir diretamente com empresas como a OpenAI, criadora do ChatGPT, que Musk ajudou a fundar antes de deixar o projeto em 2018.

A startup de inteligência artificial X.AI, fundada por Elon Musk, protocolou junto à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) um pedido para arrecadar até US$ 1 bilhão em uma oferta de ações.

A empresa já captou cerca de US$ 135 milhões de quatro investidores com a primeira venda ocorrendo em 29 de novembro. Além disso, a X.AI possui um acordo “vinculativo e executável” para a compra das ações restantes, conforme mencionado no arquivo.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +30 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

A X.AI, anunciada por Musk em julho, tem como objetivo “entender a verdadeira natureza do universo”, de acordo com seu site. No mês passado, a empresa lançou um chatbot chamado Grok, inspirado em “O Guia do Mochileiro das Galáxias”.

Nesse sentido, o chatbot, que estreou com dois meses de treinamento, possui conhecimento em tempo real da internet. A X.AI afirma que o Grok é projetado para responder perguntas com um toque de humor. O chatbot também tem uma veia rebelde, sendo capaz de responder a perguntas picantes que são rejeitadas pela maioria dos outros sistemas de IA.

A X.AI busca competir diretamente com empresas como a OpenAI, criadora do ChatGPT, que Musk ajudou a fundar antes de deixar o projeto em 2018 devido a um conflito com o co-fundador Sam Altman. A empresa também compete com a tecnologia Bard do Google e o chatbot Claude da Anthropic.

Musk entrou em AI para ficar

No início deste ano, Musk teria garantido milhares de unidades de processamento gráfico (GPUs) de alto desempenho da Nvidia, chips necessários para construir um modelo de linguagem de grande porte.

A X.AI é uma das muitas empresas possuídas ou lideradas por Musk. Além de seu controle sobre a X (anteriormente Twitter), que ele comprou no ano passado, Musk é CEO da Tesla e da SpaceX. Ele também opera a desenvolvedora de túneis subterrâneos Boring Company e a startup de tecnologia cerebral Neuralink.

No mês passado, Musk declarou que os investidores da X (anteriormente Twitter) possuiriam 25% da X.AI. A empresa afirma em seu site que é uma companhia separada da X Corp, mas trabalhará em estreita colaboração com a X (Twitter), Tesla e outras empresas para avançar em sua missão.

Pessoas trabalhando na X.AI incluem ex-alunos da DeepMind, OpenAI, Google Research, Microsoft Research, Twitter e Tesla. Eles trabalharam em projetos como o AlphaCode da DeepMind e os chatbots GPT-3.5 e GPT-4 da OpenAI, de acordo com perfis no LinkedIn.

Musk incorporou a X.AI em Nevada em março, conforme mostram os registros. Em uma teleconferência de resultados da Tesla em julho, Musk comentou com analistas sobre a possibilidade de a X.AI competir com qualquer negócio da Tesla.

“Havia alguns dos melhores engenheiros e cientistas de IA do mundo dispostos a se juntar a uma startup, mas não estavam dispostos a se juntar a uma empresa grande e relativamente estabelecida como a Tesla”, disse ele. “Então, pensei que era melhor ser uma startup que eu liderasse do que eles trabalharem em outro lugar. Foi assim que surgiu a X.AI.”

Para o financiamento da X.AI, a data da venda inicial coincidiu com a aparição de Musk no Summit DealBook 2023, onde ele disse aos anunciantes que haviam suspendido campanhas no X para “se f****”.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Mt. Gox diz que vai pagar US$ 8 bilhões aos credores semana que vem Ancord e BlockTrends lançam primeira Certificação em Criptoativos do Mercado Financeiro e de Capitais Donald Trump Agora Possui US$ 30 Milhões em Memecoins DOG é listada na Bybit e atinge máxima histórica pelo segundo dia consecutivo DOG, memecoin no Bitcoin, atinge nova máxima histórica