Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Vanguard contraria seu nome e ‘rejeita’ novos ETFs de Bitcoin: não condiz com nossa filosofia

Clientes relatam que a plataforma retirou a opção de comprar os fundos negociados em bolsa. Contudo, parecem ter “esquecido” de desabilitar também o botão de vender.

Parece que a Vanguard, plataforma de investimento nos EUA, não está sendo tão pioneira, ou avançada, assim com os ETFs de Bitcoin spot. Na realidade, a plataforma rejeitou os novos ETFs de Bitcoin à vista lançados no mercado nesta quinta-feira (11).

ETF de Bitcoin spot aprovado; primeiras impressões e o que esperar agora

Nesse sentido, clientes relatam que a plataforma retirou a opção de comprar os fundos negociados em bolsa. Contudo, parecem ter “esquecido” de desabilitar também o botão de vender. Desse modo, um cliente da plataforma ligou para a empresa para questionar sobre o assunto. Conforme ele diz, “é pior do que parece”.

“Uau. É pior do que eu pensava. Liguei e a resposta que recebi foi ‘Atualmente não estamos permitindo a compra deles, pois não se enquadra na filosofia de investimento da Vanguard’. Eu: ‘Ok, mas você me deixou comprar GBTC no passado.’ Ele: ‘Sim, acredito que você só pode vender isso agora’.”

Ou seja, a plataforma Vanguard não permite mas, e parece não ter gostado da ideia da aprovação dos ETFs de Bitcoin à vista no país da liberdade. 

Por outro lado, para Brad Garlinghouse, CEO da Riple, a importância deste marco é gigante. “Parabéns a todos que trabalharam para obter a aprovação dos ETFs à vista de Bitcoin!”, comemora em seu perfil do X.

“A notícia de hoje é uma maior legitimação da indústria cripto como classe de ativos. Espero que isto seja mais um catalisador para o investimento/adoção institucional, idealmente levando a indústria a concentrar-se fora, principalmente especulativo, para casos de uso mais amplos do mundo real, sustentando essa legitimação”, diz.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos Analistas aumentam estimativa de lucro do Nubank em 4x e banco sugere “calma” Terceiro homem mais rico do México tem 60% do patrimônio líquido em Bitcoin