Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Tiktok muda regras para evitar banimento nos EUA

Banimento do TikTok nos EUA voltou a ser tema de forte discussão.

A plataforma de vídeos da chinesa Bytedance tem buscado se adaptar a legislação americana para evitar um cenário de banimento total, algo cogitado e discutido no Congresso americano em função de suspeitas de que os dados coletados pela plataforma possam acabar sendo acessados pelo governo chinês.

Pela primeira, o Tiktok irá deixar público os seus “Princípios da comunidade”, tornando a plataforma mais transparente sobre suas decisões.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

A discussão no Congresso americano leva em consideração um estudo realizado pela empresa URL Genius.

No estudo, a empresa buscou determinar a relação entre as publicidades online expostas aos usuários após o uso de determinadas redes sociais. Por meio do estudo, foi detectado que a cada 14 anúncios aos quais o usuário recebia online, 13 tinham origem externa a plataforma, apontando que o Tiktok havia compartilhado seus dados com outras empresas. No caso do Youtube, a segunda pior neste quesito, foram 10 conteúdos de terceiros e 4 de plataformas ligadas ao próprio Google.

O banimento do Tiktok já é uma realidade na Índia, país com fortes disputas com a vizinha China. O banimento nos EUA, porém, ainda segue sendo discutido.

Durante a gestão de Donald Trump, quando primeiro foi levantada a hipótese, cogitou-se criar uma empresa separada para o Tiktok nos EUA, que seria adquirida pela Microsoft. O acordo, que chegou a ser discutido por US$30 bilhões, acabou não avançando.

Agora, em meio a disputas crescentes entre EUA e China, a discussão voltou a pauta.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas