Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Standard Chartered aumenta previsão do Bitcoin para até o final do ano

Os influxos para os ETFs de Bitcoin à vista estão superando o crescimento do interesse aberto em derivativos de Bitcoin, disseram os analistas.

O Standard Chartered Bank aumentou nesta segunda-feira (18) sua previsão de preço para o Bitcoin neste ciclo. Desse modo, o banco estabeleceu uma nova meta em US$ 150 mil até o final do ano, contra US$ 100 mil anteriormente. Nesse sentido, a revisão para cima é decorrente dos fortes influxos observados nos ETFs de Bitcoin à vista nos Estados Unidos.

“Para 2024, diante dos ganhos de preço mais acentuados do que o esperado até o momento, agora vemos potencial para o preço do BTC alcançar o nível de US$ 150 mil até o final do ano. Portanto, acima de nossa estimativa anterior de US$ 100 mil”, escreveram os analistas do Standard Chartered Bank, sob liderança de Geoffrey Kendrick.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

Além disso, os influxos para os ETFs de Bitcoin à vista estão superando o crescimento do interesse aberto em derivativos de Bitcoin, disseram os analistas. “Isso significa que, embora as medidas de interesse aberto estejam se aproximando de níveis estendidos (de 2021), a posição geral deve ser mais sustentável desta vez”, afirmaram.

“A maioria dos influxos provavelmente será de fluxos do tipo pensão, que tendem a ser mais estáveis.” Atualmente, o preço do Bitcoin está sendo negociado em torno de US$ 68 mil. Ele alcançou mais de US$ 73 mil no início deste mês.

Standard Chartered mantém preço para 2025

Para o final de 2025, o Standard Chartered Bank continua a manter sua meta de preço do Bitcoin em US$ 200.000. Os analistas afirmaram que essa meta é “correta” com base na analogia com o ouro.

Especificamente, a meta é baseada nos movimentos de preço do ouro após a introdução dos ETFs de ouro nos EUA e na otimização de ouro versus Bitcoin. Desse modo, a análise sugere 80% de ouro e 20% de Bitcoin no portfólio.

“Assumindo que o preço do ouro permaneça inalterado, o preço do BTC precisaria aumentar para US$ 190 mil para que a participação do BTC suba para os 20% indicados por nossa otimização de portfólio”, observaram os analistas.

No entanto, se os influxos para os ETFs de Bitcoin à vista atingirem a estimativa intermediária do banco de US$ 75 bilhões e/ou se os gestores de reservas cambiais começarem a comprar Bitcoin, o banco vê uma forte possibilidade de superar essa meta — com o preço potencialmente alcançando US$ 250.000 em algum momento de 2025.

“As reservas cambiais são outro grande pool de caixa estável (potencial), que poderia seguir os passos do novo dinheiro de pensão dos EUA”, disseram os analistas.

“Se fizerem isso, esperamos que os ativos maiores e mais líquidos (como o Bitcoin) recebam a maior parte dos influxos. Vemos uma probabilidade crescente de que grandes gestores de reservas possam anunciar compras de BTC em 2024”, acrescentaram.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Pela primeira vez em 15 anos, todos bilionários com menos de 30 anos são herdeiros. E isso é ótimo para o Bitcoin Alguém lembrou de 50 centavos em BTC guardados em 2010. Agora valem US$3,3 milhões Por que o Bitcoin está caindo tanto nesta sexta-feira (12) Quanto valem as criptomoedas de Times Brasileiros Golpe faz investidores perderem R$1,3 milhão em 2 minutos em criptomoeda