Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

“Solana é Ethereum”, diz fundador da Solana; entenda

Segundo ele explicou, a rede Solana também atua como uma camada secundária (layer-2) para Ethereum através do “wormhole eigenlayer”.

Em uma publicação em sua plataforma X (antigo Twitter), Anatoly Yakovenko, cofundador da Solana, comentou de que “Solana é Ethereum”. Segundo ele explicou, a rede Solana também atua como uma camada secundária (layer-2) para Ethereum através do “wormhole eigenlayer”.

Com isso, Yakovenko levantou a possibilidade de interoperabilidade entre Solana e Ethereum, apesar de operarem com protocolos e mecanismos de consenso diferentes.

Yakovenko afirmou que a interoperabilidade se tornará mais viável com o aumento do “danksharding”. “Danksharding” é o nome dado a uma grande atualização planejada para a rede Ethereum, destinada a melhorar sua escalabilidade e eficiência.

Para ele, os blocos SOL poderiam ser submetidos a algum contrato de ponte de validação de dados no ethereum. A proposta de Yakovenko é de paz e interoperabilidade. Algo bom, considerando que Solana tem sido apelidada de “assassina do Ethereum” por muito tempo.

No entanto, o cofundador mostrou mais interesse em colaboração do que em competição. Ele já havia indicado que achava o rótulo desagradável, pois não via um futuro em que SOL prosperasse enquanto ETH desaparecesse.

E se Solana fosse uma segunda camada de Ethereum?

Enquanto isso, segundo Yakovenko, o danksharding é necessário se a rede Solana for se tornar uma camada secundária para Ethereum. Isso se deve ao fato de que Ethereum não possui largura de banda suficiente para todos os dados de SOL.

Yakovenko também mencionou que Solana parece ter mais capacidade do que Ethereum, pois seria mais fácil para Ethereum se tornar uma camada secundária para Solana, que tem mais capacidade para todos os blocos de Ethereum.

Em resposta a um usuário da X que questionou sobre as diferenças nos mecanismos de consenso entre Solana e Ethereum, Yakovenko explicou que os usuários ainda poderiam retirar seus tokens ETH da ponte se Ethereum se reorganizasse.

Ele observou que a decisão de reorganizar a rede, caso Ethereum o faça, depende do consenso social e não está definida no contrato da ponte. No entanto, esse desafio requer um acordo em ambas as extremidades para alcançar uma integração perfeita.

Yakovenko também abordou preocupações sobre gastos duplos, afirmando que Solana não criará o token ETH embrulhado “em seu estado” até que Ethereum atinja a finalidade total. Ele também aludiu ao UASF (user-activated soft fork), que poderia desempenhar um papel fundamental para conter isso.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos Analistas aumentam estimativa de lucro do Nubank em 4x e banco sugere “calma” Terceiro homem mais rico do México tem 60% do patrimônio líquido em Bitcoin