Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

O que são as layers do bitcoin

Criadas para permitir a escalabilidade do Bitcoin, as layers tornaram-se fundamentos no futuro da principal criptomoeda.

O Bitcoin, como uma inovação revolucionária no campo das moedas digitais, tem o desafio de escalar para atender a uma demanda global crescente. A solução para este desafio reside em sua arquitetura de camadas, com protocolos como a Lightning Network, Liquid, TARO e RGB, conhecida como as layers do Bitcoin, trazendo escalabilidade e funcionalidades adicionais à camada base do Bitcoin.

Camada Base e Escalabilidade

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

A camada base do Bitcoin é a blockchain, um registro público e imutável de todas as transações ocorridas na rede. No entanto, a blockchain tem limitações de escalabilidade inerentes, principalmente devido ao seu tamanho máximo de bloco (1MB com expansão até 4MB via Segwit) e ao tempo de bloco (10 minutos aproximadamente). Isso restringe o número de transações que a rede pode processar por segundo, criando um gargalo para a escalabilidade.

Abaixo vamos conhecer 4 projetos que funcionam acima da camada base do bitcoin, sendo conhecidos como segunda e terceiras camadas.

Lightning Network

A Lightning Network é um protocolo de camada dois que permite transações quase instantâneas e de baixo custo, proporcionando escalabilidade ao Bitcoin. Ela cria canais de pagamento entre usuários, permitindo transações fora da blockchain até que o canal seja fechado. Isso alivia a demanda na camada base, melhorando a escalabilidade geral.

Liquid Network

O Liquid é outro protocolo de camada dois, mas com um foco diferente. Ele é uma sidechain federada que permite a transferência rápida de Bitcoin e outros ativos entre empresas. O Liquid oferece transações confidenciais e recursos de tokenização, permitindo que ativos além do Bitcoin sejam transferidos com segurança e eficiência.

Protocolos TARO e RGB

O TARO é um protocolo proposto que busca trazer maior escalabilidade e flexibilidade para o Bitcoin. Além disso, permite transações de múltiplas partes e suporta contratos inteligentes, ampliando assim o uso potencial do Bitcoin.

Por outro lado, o RGB é um protocolo de camada três que viabiliza a tokenização na blockchain do Bitcoin. Com isso, oferece uma maneira de emitir e gerenciar ativos digitais, desde tokens não fungíveis (NFTs) até tokens de valor vinculados a ativos do mundo real.

A escalabilidade do Bitcoin está sendo alcançada mediante protocolos adicionais, como a Lightning Network e o Liquid, que operam acima da camada base. Além disso, protocolos como TARO e RGB estão expandindo as possibilidades do Bitcoin, permitindo uma maior flexibilidade e capacidade de tokenização. Assim, esses protocolos superam os desafios de escalabilidade do Bitcoin, demonstrando que a arquitetura de camadas do Bitcoin pode fornecer uma solução robusta e escalável para moedas digitais.

Num artigo de pesquisa recente publicado no BlockTrends Research nós trouxemos uma explicação mais avançada para compreender estas soluções de escalabilidade. Confira o material gratuito aqui.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado “O único defensor do livre mercado no mundo é bizarramente da Argentina”, diz ex-gestor de George Soros Instituto mobiliza BTG e Starlink, de Musk, para garantir internet em meio a enchentes no RS Bybit começa a oferecer renda passiva em dólar descentralizado Baleia de Bitcoin acorda após 10 anos e move US$43,9 milhões que comprou por US$2 dólares