Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Inscriptions na Solana ultrapassam 1 milhão: a SOL colherá os benefícios?

O teste de estresse, na prática, já resultou na parada da rede Arbitrum e elevou as taxas na Avalanche para acima de US$ 400 em períodos de congestão na rede. Contudo, até então a Solana parece estar se provando bastante resiliente.

No dia 17 de dezembro a blockchain Solana bateu recorde de inscrições de inscriptions, ou inscrições. A tecnologia de inscrever metadados totalmente on-chain virou febre após inundar a rede do Bitcoin com os Ordinals. Inclusive fazendo a Arbitrum parar de produzir blocos por mais de 40 minutos semana passada.

Nesse sentido, um impressionante número de 287.000 inscrições foram cunhadas na Solana. Vale ressaltar que, em tese, o token nativo da rede SOL acumula valor a partir das taxas de transação, já que 50% da receita é queimada.

Seja no Bitcoin [BTC], nas redes compatíveis com a Máquina Virtual Ethereum [ETH] ou em cadeias não compatíveis com EVM, as inscrições continuam a impulsionar a demanda pelo espaço do bloco.

Elas podem ser usadas para criar ativos digitais únicos, como tokens não fungíveis (NFTs) e até mesmo aplicativos descentralizados (dApps). A Solana também foi rápida em aderir à tendência. Inspirando-se nos famosos BRC-20s do Bitcoin, a Solana lançou seu padrão de token, SPL-20.

As inscrições na Solana ultrapassaram um milhão. A Solana [SOL], uma das blockchains de contratos inteligentes mais populares, não ficou isolada da febre. De acordo com a análise da AMBCrypto das estatísticas da Flipside, a contagem cumulativa total de inscrições atingiu 1 milhão em 17 de dezembro.

A atividade explodiu durante o fim de semana, com 287.000 inscrições cunhadas em um único dia, em 16 de dezembro. Para contextualizar, criaram-se mais inscrições nos últimos três dias do que o total de todas as inscrições criadas anteriormente. Além disso, o número de criadores também ultrapassou 50.000 em 17 de dezembro. O aspecto fascinante foi que mais de 15.000 eram novos entrantes no mercado.

O que a Solana pode tirar de bom com as inscriptions?

As inscrições começaram em 16 de novembro e, nos dois dias seguintes, mais de 66.000 SLP-20s foram inscritos na rede. Enquanto isso, o site AMBCrypto analisou dados do Token Terminal e notou um aumento de 77% nas taxas mensais na rede Solana.

Desse modo, o mês de dezembro foi particularmente lucrativo, com taxas diárias atingindo um pico no ano de quase US$ 300.000 em 14 de dezembro. Não é certo, no entanto, que as inscriptions foram os principais impulsionadores do aumento das taxas.

A base de usuários ativos diários também aumentou significativamente, marcando um aumento mensal de 38,9%. Vale notar que a Solana queima 50% de sua receita de taxas. 

Isso significa que quanto mais taxas forem coletadas, maior será a pressão deflacionária sobre o token nativo SOL. Além disso, a SOL foi um dos principais desempenhos no mercado recentemente, crescendo 23,18% nos últimos 30 dias, conforme o CoinMarketCap.

Por fim, também vale ressaltar que as redes estão passando por testes de estresse no momento com as inscrições. Isso porque, por ser um conjunto de informações registradas integralmente no blockchain (desde JPGEgs até .GIF etc) os espaços nos blocos podem acabar sendo mais disputados.

O teste de estresse, na prática, já resultou na parada da rede Arbitrum e elevou as taxas na Avalanche para acima de US$ 400 em períodos de congestão na rede. Contudo, até então a Solana parece estar se provando bastante resiliente. Desse modo, é factível especular que os olhos de usuários, desenvolvedores e investidores podem brilhar mais para o ecossistema.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos Analistas aumentam estimativa de lucro do Nubank em 4x e banco sugere “calma” Terceiro homem mais rico do México tem 60% do patrimônio líquido em Bitcoin