Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Fundador do SoftBank quer levantar US$ 100 bilhões para competir com Nvidia

Masayoshi Son, fundador do SoftBank Group, acredita que está antevendo um futuro em que as máquinas superam a inteligência humana.

Masayoshi Son, fundador do SoftBank Group, planeja arrecadar US$ 100 bilhões para competir com a gigante Nvidia. Nesse sentido, Son visa uma nova empreitada no setor de chips chamada Projeto Izanagi. Portanto, o objetivo é competir com a Nvidia no mercado de processadores de inteligência artificial.

As informações da Bloomberg, citando fontes familiarizadas com o assunto. Son vê essa iniciativa como uma contribuição para o desenvolvimento da inteligência geral artificial (AGI). Portanto, acredita que está antevendo um futuro em que as máquinas superam a inteligência humana. O projeto visa complementar a Arm Holdings do SoftBank, que projeta arquiteturas de processadores.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

No entanto, ainda não está claro se os processadores de IA projetados pelo Projeto Izanagi dependerão de tecnologias como a arquitetura de conjunto de instruções (ISA) desenvolvida pela Arm.

Além disso, como a empreitada coexistirá com os supostos planos da Arm de criar designs de chips de referência para várias cargas de trabalho é algo a ser observado. Curiosamente, a empreitada recebe o nome do deus japonês da criação e da vida, refletindo a visão ambiciosa de Son para o projeto.

Fundador do SoftBank acredita no futuro das AGIs

O Projeto Izanagi faz parte do foco mais amplo de Son na AGI, que ele acredita que será realizada na próxima década. Ele tem defendido consistentemente a adoção da IA, visando um mundo mais seguro, saudável e feliz.

O entusiasmo de Son pela AGI é intenso, apesar de enfrentar vários contratempos em seus investimentos em startups. Ele aconselhou um grupo de clientes empresariais japoneses a adotar a IA. Ou correr o risco de ficar para trás, enfatizando o potencial transformador da AGI.

“A AGI é o que todo especialista em IA busca”, disse Son, conforme relatado pela Bloomberg. “Mas quando você lhes pede uma definição detalhada, um número, o momento, quanto poder de computação, quanto mais inteligente a AGI é do que a inteligência humana, a maioria deles não tem uma resposta. […] Tenho minha própria resposta: estou convencido de que a AGI será real em 10 anos.”

A posição financeira do SoftBank para bater de frente com a Nvidia é forte, com ¥6,2 trilhões (US$ 41 bilhões) em caixa e equivalentes de caixa em 31 de dezembro. Segundo o relatório, Son pretende investir US$ 30 bilhões do SoftBank, com os US$ 70 bilhões restantes potencialmente provenientes de instituições do Oriente Médio.

Os detalhes do financiamento e execução ainda estão sendo definidos, e o projeto pode evoluir à medida que os planos se concretizam, de acordo com a Bloomberg. A abordagem de Son para investimento é dinâmica, e ele é conhecido por mudar abruptamente de ideia.

A iniciativa é separada de qualquer colaboração com Sam Altman da OpenAI, embora Son e Altman tenham discutido supostamente unir forças na fabricação de semicondutores.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Pela primeira vez em 15 anos, todos bilionários com menos de 30 anos são herdeiros. E isso é ótimo para o Bitcoin Alguém lembrou de 50 centavos em BTC guardados em 2010. Agora valem US$3,3 milhões Por que o Bitcoin está caindo tanto nesta sexta-feira (12) Quanto valem as criptomoedas de Times Brasileiros Golpe faz investidores perderem R$1,3 milhão em 2 minutos em criptomoeda