Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Como a Nvidia saiu de US$9 para US$949 bilhões em 10 anos

Criada para atender a demanda dos Games, a Nvidia surfou a onda de cripto e agora da Inteligência artificial.

Os resultados muito acima do esperado pelo mercado impulsionaram as ações da Nvidia a subirem mais de 25% no after market. Com essa alta significativa, a empresa está se aproximando do clube do trilhão, uma vez que o valor de suas ações saltou de US$9 bilhões em 2013 para US$900 bilhões.

Fundada pelo taiwanês Jen-Hsun Huang, a Nvidia esteve envolvida em praticamente todas as grandes ondas deste século, desde a revolução no mundo dos games até a era dos criptoativos e, atualmente, com as Inteligências Artificiais.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

Criada em 1993, a empresa foi concebida por Huang e outros dois engenheiros elétricos com o propósito de desenvolver gráficos mais realistas para jogos. Na época de sua fundação, não havia um mercado específico estabelecido para a Nvidia, porém a onda prevista pelos três fundadores realmente chegou. A indústria de jogos evoluiu rapidamente, gerando uma crescente demanda pelos chips produzidos pela Nvidia.

Hoje, a Nvidia é uma das principais fabricantes de GPUs do mundo. As Unidades de Processamento Gráfico, também conhecidas como placas de vídeo, são essenciais para os jogadores conectarem em suas placas-mãe de computadores e rodarem gráficos 3D.

Alguns dos modelos de GPUs produzidos pela empresa, como a GeForce GTX 1080, podem custar mais de US$1200.

A segunda onda: cripto 

Essas placas, além de outras específicas produzidas pela Nvidia, tornaram-se essenciais em uma indústria que sequer existia quando a empresa nasceu. Além disso, a mineração de criptoativos, em essência, consiste no uso do poder de GPUs para resolver problemas matemáticos.

Essa onda foi crucial para impulsionar a Nvidia de US$9 bilhões em 2013 para impressionantes US$170 bilhões em 2016. Mesmo nos dias atuais, mais de 3 décadas depois, as GPUs ainda representam 88% do faturamento da empresa, totalizando US$7 bilhões anuais.

A terceira onda: Inteligência Artificial

A terceira grande onda, capaz de elevar o market cap da empresa de US$170 bilhões em 2016 para US$900 bilhões hoje, foi o avanço da Inteligência Artificial.

Estima-se que um servidor para rodar o ChatGPT, por exemplo, demande ao menos 10.000 unidades do chip A100. Cada chip custa cerca de US$10 mil. 

Em fevereiro deste ano, a Petrobras também utilizou 2000 destes chips para colocar de pé seu supercomputador. 

A companhia também tem buscado desenvolver sua parte de software, o que geraria ainda mais escala e aumento nos lucros.

Fato é que, nos últimos 10 anos, o lucro da empresa cresceu 1200%, de US$510 milhões em 2013 para US$6,06 bilhões em 2022.

Também no mesmo período, a alta na receita foi de 625%, de US$4,09 bilhões para US$26,9 bilhões.

Já o seu valor de mercado foi de US$9 bilhões para os atuais US$949 bilhões.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado “O único defensor do livre mercado no mundo é bizarramente da Argentina”, diz ex-gestor de George Soros Instituto mobiliza BTG e Starlink, de Musk, para garantir internet em meio a enchentes no RS Bybit começa a oferecer renda passiva em dólar descentralizado Baleia de Bitcoin acorda após 10 anos e move US$43,9 milhões que comprou por US$2 dólares