Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Amazon pagará US$31 milhões em multa por espionar clientes com Alexa e Ring

A Amazon sofreu um revés ao ser multada pela agência americana FTC, em um caso envolvendo uso ilegal de imagens e voz de clientes.

A FTC e a Amazon chegaram a um acordo em relação aos casos de espionagem de clientes pela Ring e Alenxa. De acordo com a FTC, a Amazon manteve as gravações de crianças mesmo após os pais solicitarem a exclusão das imagens.

A Ring ganhou fama ao ser apresentada inicialmente no programa americano Shark Tank. A Amazon adquiriu a empresa em 2018 por US$1 bilhão, como parte de seus serviços de “home care”.

Nas acusações, constam que empregados da Ring teriam tido acesso irrestrito a vídeos de clientes. Em resumo, a Ring é uma campainha eletrônica com vídeos. 

Os empregados tiveram acesso a centenas de vídeos de pelo menos 18 clientes mulheres. Além disso, as câmeras da Ring gravaram banheiros e outros locais de cunho íntimo.

Contas hackeadas

Entre 2019 e 2020, pelo menos 55 mil clientes tiveram seus dispositivos hackeados, permitindo assim que invasores falassem diretamente com as vítimas.

O caso se tornou ainda mais grave quando se trata da Alexa. A assistente de voz da Amazon foi responsável pela maioria das violações de privacidade.

No acordo firmado com a FTC, a Amazon concordou em pagar US$25 milhões pelas acusações relacionadas à Alexa. Além disso, um valor adicional de US$5,8 milhões foi destinado às acusações envolvendo a Ring.

Amazon se justifica

A companhia alegou que a retenção de voz fazia parte de um aperfeiçoamento de seus algoritmos.

Apesar do valor insignificante para a companhia, a multa deve vir acompanhada de proibições para o uso de voz, o que pode significar problemas maiores para a empresa.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Nada vai fazer o Bitcoin parar, diz Michael Saylor. Entenda a tese da ‘alta infinita’ Antonio Ais, ‘Toin’ da Braiscompany, é preso na Argentina Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil