Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Google lança Inteligência Artificial em 180 países. Menos no Brasil

O Bard, Inteligência artificial do Google, foi lançado em 180 países e territórios. Brasil e União Europeia ficaram de fora.

O Brasil e a União Europeia acabaram excluídos pelo Google do lançamento da sua inteligência artificial, o Bard. Lançado com o objetivo de ser a resposta da gigante de buscas ao ChatGPT, ainda está em fase de testes.

Conforme reportado aqui no BlockTrends há pouco menos de um mês, o lançamento gerou críticas dos próprios funcionários do Google. Segundo alguns comentários vazados, funcionários chegaram a pedir que a nova IA não fosse lançada. Em discussões internas, funcionários chegaram a descrever o Bard como “pior do que inútil”.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

Ainda assim, o Google acabou optando pelo lançamento. O motivo seria a pressão de investidores para que a ferramenta reagisse aos avanços da concorrência.

Com gigantes como Amazon e Apple avançando em suas receitas de publicidade, investidores temem que o Google perca vantagens competitivas também na sua área de buscadores.

Entre novembro de 2021 e abril de 2023, o Google viu seu valor de mercado cair de US$1,98 trilhão para US$1,41 trilhão.

Brasil de fora dos testes do Bard

Em princípio, o Google não deu qualquer justificativa para o Brasil ficar de fora do lançamento. Uma análise mais aprofundada, porém, aponta que a legislação pode ser o maior entrave.

Em março, a Itália tornou-se o primeiro país a suspender mecanismos de inteligência artificial. O país alegou que o ChatGPT estaria violando a GDPR. A legislação europeia é considerada como uma das mais rígidas do mundo na área.

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), a legislação brasileira na área, possui forte inspiração europeia.

Em suma, a Inteligência Artificial do Google busca se utilizar dos inputs, os dados fornecidos pelos usuários, para se aprimorar.

Com as restrições sobre uso de dados, a ferramenta acaba perdendo sua capacidade de aprendizado ao não poder utilizar os dados de busca e interação de usuários no Brasil.

Google a legislação brasileira

Recentemente a gigante de tecnologia envolveu-se em uma polêmica ao publicar um documento no qual questionava a proposta de legislação brasileira. O PL2630, conhecido como PL das Fake News, busca alterar a legislação brasileira atual e criar restrições, além de regrar a maneira como plataformas se comportam. Segundo o Google, o PL pode acabar tornando a internet brasileira mais rígida.

Em um dos pontos mais sensíveis, o PL obrigaria o Google a remunerar companhias de mídia por exibir matérias e reportagens em seu mecanismo de busca.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Mt. Gox move mais de US$ 9 Bilhões em Bitcoin após 6 Anos Donald Trump vira bitcoiner e quer conceder perdão presidencial ao criador da Silk Road Trader compra US$ 1,1 milhão em memecoin, e agora tem US$ 150 Elon Musk cria US$ 30 bilhões do nada com IA do Twitter Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado