Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Airdrops: como usar corretoras para colocar dinheiro no bolso?

Os airdrops podem ser resumidos como incentivos monetários em tokens recém lançados e distribuídos aos investidores do mercado cripto.

O Bitcoin está sendo inundado com dinheiro institucional, por isso valorizou 50% somente em fevereiro. Contudo, o caminho natural é que esse dinheiro respingue em todo o mercado, e uma das rotas é por meio de airdrops descentralizados ou de corretoras como a Bybit.

Nesse sentido, vale lembrar que quanto maior a euforia dos investidores maior o apetite ao risco. Desse modo, também são maiores as oportunidades de ganhar dinheiro com airdrops.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

Existem diversos tipos de airdrops. Contudo, todos podem ser resumidos como incentivos monetários em tokens recém lançados e distribuídos aos investidores do mercado cripto. Nessa linha, existem os airdrops descentralizados, centralizados e híbridos, onde todos podem gerar dinheiro para o investidor por meio de corretoras como Bybit.

Airdrops descentralizados, centralizados e híbridos

Portanto, na primeira categoria, o dinheiro vem de incentivos de protocolos em blockchains. Os airdrops são distribuídos entre usuários pioneiros, e assim que o dinheiro entra na carteira virtual pode ser enviado do blockchain para as corretoras, e trocado por reais.

Entre os exemplos destes airdrops, está o de Dymension (DYM), que entregou um montante em dinheiro na ordem de US$ 2 mil por carteira em média. Vale dizer que a Bybit abriu a negociação do token no mesmo segundo em que Dymension surgiu no mercado, e os usuários puderam trocar por reais em instantes em corretoras como ela.

Por sua vez, os airdrops centralizados podem ser caracterizados como uma espécie de incentivo. Portanto, estes airdrops tratam-se de um dinheiro separado para marketing de empresas, corretoras e outras instituições.

Neste sentido, esses airdrops distribuem dinheiro direto na conta das corretoras que o cliente faz parte. Outro exemplo são os próprios “airdrops de posição”, campanha feita pela Bybit. Desse modo, os clientes que participarem de tarefas como negociações e trades podem ser elegíveis a receber prêmios.

Por fim, os híbridos são uma mistura dos dois mundos. Portanto, estes airdrops ocorrem quando corretoras firmam parcerias com blockchains e distribuem dinheiro em conjunto. Novamente, é possível trazer a Bybit como exemplo. A corretora já lançou diversos tokens em parceria com protocolos em blockchains como Mavia e Farcana.

Além disso, a corretora anunciou no começo deste ano o Airdrop Arcade, um centro de recompensas gamificado que oferecerá airdrops de criptomoedas aos seus usuários.

Em suma, os airdrops são excelentes maneiras de ganhar dinheiro e corretoras como a Bybit podem servir como canal para negociar, acumular ou até mesmo receber estes incentivos. É importante ressaltar que cada um deles tem suas características como transparência nos critérios de elegibilidade, liquidez do token e legitimidade do projeto.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Pela primeira vez em 15 anos, todos bilionários com menos de 30 anos são herdeiros. E isso é ótimo para o Bitcoin Alguém lembrou de 50 centavos em BTC guardados em 2010. Agora valem US$3,3 milhões Por que o Bitcoin está caindo tanto nesta sexta-feira (12) Quanto valem as criptomoedas de Times Brasileiros Golpe faz investidores perderem R$1,3 milhão em 2 minutos em criptomoeda