Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Economia

2 anos após o IPO, Nubank volta a superar US$40 bilhões em valor de mercado

Com o preço de fechamento de hoje, o Nubank alcança um valor de mercado de US$ 41,85 bilhões, abaixo do Itaú (US$ 61,26 bilhões).

O Nubank (NYSE:NU), depois de dois anos e um mês após sua estreia na Bolsa de Nova York, finalmente superou o preço do seu IPO. A fintech abriu seu capital em 8 de dezembro de 2021, quando suas ações foram precificadas a US$ 9. Nesse sentido, hoje as ações do banco fecharam a US$ 9,08. Desse modo, voltando aos seu valor de mercado da época, de US$ 40 bilhões.

Vale ressaltar que, após o IPO, as ações atingiram a máxima de US$ 11,85. Desse modo, tornando o Nubank o banco mais valioso da América Latina na época. aA empresa conseguiu superar até mesmo o Itaú.

No entanto, nos meses seguintes, as ações entraram em uma trajetória de queda e nunca mais retomaram o preço do IPO. Na mínima histórica, em 16 de junho de 2022, as ações chegaram a valer US$ 3,31.

No mês passado, o fundador e CEO do Nubank, David Vélez, falou ao Valor sobre os dois anos do IPO. Ele comentou que a empresa não se preocupa tanto com a flutuação natural das ações, mas sim com a visão de longo prazo.

Segundo ele, o preço das ações de empresas de tecnologia foi fortemente impactado nos últimos dois anos por diversos fatores, incluindo o cenário macroeconômico global. “De qualquer maneira, isso não tem qualquer relação com o desempenho da empresa, como fica claro pelos nossos resultados que, nesses oito últimos trimestres, seguem batendo as expectativas dos analistas”.

Com o preço de fechamento de hoje, o Nubank alcança um valor de mercado de US$ 41,85 bilhões, abaixo do Itaú (US$ 61,26 bilhões), mas acima de Bradesco (US$ 33,53 bilhões), Banco do Brasil (US$ 31,72 bilhões) e Santander Brasil (US$ 23,75 bilhões).

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos Analistas aumentam estimativa de lucro do Nubank em 4x e banco sugere “calma” Terceiro homem mais rico do México tem 60% do patrimônio líquido em Bitcoin