Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Worldcoin, de Sam Altman, coletou biometria de milhares e agora distribui boné e moletom

A Wordcoin já conta com mais de 1,5 milhão de carteiras registradas, segundo o Dune Analitycs.

O projeto Worldcoin, do também fundador da OpenAI Sam Altman, anunciou uma nova etapa do projeto. Nesse sentido, junto ao lançamento da World ID 2.0, o projeto está dando de brindes mercadorias físicas para aqueles que escanearam suas íris em troca de criptomoedas.

Para celebrar a segunda fase do projeto, a Wordlcoin anunciou a distribuição de mercadorias em seu site. Desse modo, o usuário que autenticou sua conta no lançamento da carteira através do escaneamento de íris pode agora retirar de graça itens como bonés e moletons.

Worldcoin Sam Altman
(Imagem: BlockTrends)

A Wordcoin já conta com mais de 1,5 milhão de carteiras registradas, segundo o Dune Analitycs. O lançamento do projeto foi feito mundialmente. Desse modo, os chamados “operadores de Orbes” escanearam as biometrias de íris dos novos entrantes. Ambos recebem tokens WRLD por isso.

O World ID 2.0, segundo o comunicado da empresa, apresentará os Apps, uma nova maneira de criar e usar integrações para verificar suas contas online usando o World ID. 

“Você pode explorar os aplicativos disponíveis na nova Worldcoin App Store, incluindo as novas integrações com Reddit, Discord, Shopify, Minecraft e Telegram. Como parte desta atualização, o World ID terá três níveis que permitem uma gama mais ampla de casos de uso. Incluindo Orb+ com autenticação facial para que somente você possa usar seu World ID em ações importantes”, diz.

Por fim, a segunda versão diz apresentar uma série de atualizações “básicas”. Como a capacidade de retornar a um Orb para redefinir seu World ID caso ele seja perdido. A atualização do World ID 2.0 começou no dia 11, e continua gradualmente até o início de 2024.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos