Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

União Europeia quer taxar Apple em R$72 bilhões por evasão fiscal

A União Europeia segue na batalha para cobrar impostos no valor de 13 bilhões de euros sobre os lucros da Apple.

O órgão regulador de competição da União Europeia está buscando apoio na alta corte judicial europeia para taxar a Apple em R$72 bilhões por “evasão fiscal”

O caso é a nova batalha do órgão europeu contra acordos entre Big Techs e governos nacionais. No caso da Apple, a empresa se beneficia da legislação irlandesa.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

Por meio de movimentos conhecidos como “duplo irlandês” e “sanduíche holandês”, a Apple teria evitado pagar bilhões em impostos.

A gigante fabricante do iphone deverá pagar até 13 bilhões de euros, caso o órgão regulador europeu saia vencedor.

De fato, a Apple já venceu a primeira batalha. O órgão regulador, entretanto, recorreu da decisão.

A comissão Margrethe Vestager’s alega que os benefícios fiscais concedidos pela Irlanda seriam “ilegais”.

Duplo irlandês e sanduíche holandês

Por anos a Apple teria pago uma alíquota de imposto de aproximadamente 0,005%. 

No caso do duplo irlandês, uma multinacional registra duas empresas. Uma delas fica na Irlanda, enquanto a segunda em um paraíso fiscal. A empresa em um paraíso fiscal passa a ser dona da subsidiária irlandesa. Com isso a subsidiária em um paraíso fiscal se torna dona da propriedade intelectual.

A multinacional então passa a processar sua receita na Irlanda. Os impostos, por outro lado, são pagos (ou não), no paraíso fiscal.

Por sua vez, o “sanduíche holandês” ocorre ao criar uma terceira empresa, registrada na Holanda, que atua como intermediária entre as duas subsidiárias, facilitando as transações financeiras.

Em 2016, a União Europeia iniciou um processo contra a Apple, alegando evasão de divisas por parte da empresa.

Naquela ocasião, a subsidiária da Apple sediada na Irlanda havia relatado lucros no valor de US$69,3 bilhões.

Desde o início das investigações em 2010, foi revelado que a Irlanda havia auxiliado multinacionais americanas a ocultar cerca de US$100 bilhões.

Propriedade Intelectual e impostos sobre o lucro

Para ilustrar de forma mais clara, vamos supor que a Apple decida vender um iPhone na França. O preço de venda desse iPhone no país seria de US$500. Considerando que o custo do produto é relativamente baixo (estima-se que os materiais do iPhone representem um terço do valor de venda), o restante seria lucro.

No entanto, há um custo adicional relacionado à propriedade intelectual. A Apple atribui um valor àquilo que considera ser sua propriedade intangível. Como o custo de produção da propriedade intelectual é praticamente zero, cada centavo cobrado nesse aspecto é um centavo a menos sobre o qual a empresa pagará impostos.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Mt. Gox move mais de US$ 9 Bilhões em Bitcoin após 6 Anos Donald Trump vira bitcoiner e quer conceder perdão presidencial ao criador da Silk Road Trader compra US$ 1,1 milhão em memecoin, e agora tem US$ 150 Elon Musk cria US$ 30 bilhões do nada com IA do Twitter Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado