Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

SEC moveu quase o dobro de ações contra empresas de criptomoedas em 2023 comparado com 2022

De acordo com o relatório, a SEC acusou 124 réus em ações envolvendo de criptomoedas em 2023. Desses 124, 54% eram indivíduos e 46% eram empresas.

Em 2023, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) aumentou significativamente a pressão regulatória sobre o setor de criptomoedas, conforme revelado por um relatório da Cornerstone Research.

Nesse sentido, a SEC iniciou um total de 47 ações de aplicação contra empresas de criptomoedas. Quase o dobro do número de ações movidas em 2022. Esse número, o mais alto em uma década, reflete uma tendência crescente desde 2017.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

Mais da metade dessas 47 ações estavam relacionadas a litígios, seguidas por procedimentos administrativos. As multas e acordos monetários resultantes dessas ações alcançaram um total de US$ 281 milhões.

As ações de aplicação em 2023 abordaram uma variedade de casos, incluindo litígios envolvendo tokens não fungíveis (NFTs), acusações de fraude e comercialização de valores não registrados em ofertas iniciais de moedas (ICOs).

O relatório também ressaltou que os dados não incluem ações judiciais contra grandes exchanges como Binance, Coinbase, Terraform Labs, Ripple e Kraken, pois os casos estavam em andamento no momento do fechamento da pesquisa. Portanto, o número total de ações e o valor monetário associado podem mudar dependendo dos resultados desses casos.

Gensler pode ter sido grande “culpado”

O aumento das ações de aplicação da SEC coincide com a gestão de Gary Gensler, que assumiu a presidência da comissão em 2021. Desde então, o número de procedimentos administrativos aplicados aumentou em mais de 50% em 2022 e mais de 53% em 2023.

De acordo com o relatório, a SEC acusou 124 réus em ações envolvendo de criptomoedas em 2023. Desses 124, 54% eram indivíduos e 46% eram empresas. A proporção de ações de fiscalização que cobram apenas indivíduos diminuiu para 39%, abaixo dos 50% do ano passado.

Apesar das críticas da comunidade de criptomoedas, que esperava uma abordagem mais favorável de Gensler devido ao seu conhecimento sobre o setor, o presidente da SEC defendeu suas ações, enfatizando que a aplicação da lei é essencial para garantir a conformidade com as regulamentações e proteger os investidores.

No entanto, as políticas regulatórias de Gensler têm sido vistas como restritivas. Assim, gerando incerteza e levando muitas empresas a deixarem os Estados Unidos em busca de jurisdições mais amigáveis às criptomoedas.

A abordagem de “regulação por aplicação” adotada por Gensler tem sido um ponto de controvérsia. Inclusive, com críticos argumentando que ela pode prejudicar o avanço do ecossistema cripto.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Mt. Gox move mais de US$ 9 Bilhões em Bitcoin após 6 Anos Donald Trump vira bitcoiner e quer conceder perdão presidencial ao criador da Silk Road Trader compra US$ 1,1 milhão em memecoin, e agora tem US$ 150 Elon Musk cria US$ 30 bilhões do nada com IA do Twitter Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado