Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

“Não sei nada sobre Bitcoin, mas compro e recomendo”, diz autor de Pai Rico Pai Pobre

“Eu sempre digo ‘ouro, prata e Bitcoin’, eu não sei nada sobre Bitcoin. Eu só sei que algumas pessoas muito inteligentes estão nele, e graças a Deus eu comprei cedo”, diz.

Robert Kiyosaki, investidor e autor do best-seller “Pai Rico, Pai Pobre”, mais uma vez apareceu na mídia falando sobre estarmos próximos de um grande colapso econômico e a queda do dólar americano. Nesse sentido, ele reiterou a importância de aderir ao Bitcoin e à prata no portfólio de todos.

O autor de Pai rico, Pai pobre, Kiyosaki, comentou sobre esses assuntos, com Andy Schectman, CEO da Miles Franklin Precious Metals Investments. Além disso, na conversa estava Charles Goyette, apresentador de rádio e autor de “Red and Blue and Broke All Over”. O bate-papo aconteceu em um episódio do “The Rich Dad Channel” transmitido em 24 de janeiro.

Enquanto admitia não saber muito sobre o principal ativo de finanças descentralizadas (DeFi), Kiyosaki disse acreditar no sucesso do Bitcoin devido às “pessoas muito inteligentes” que investiram e o endossaram.

Ele explicou: “Eu sempre digo ‘ouro, prata e Bitcoin’, eu não sei nada sobre Bitcoin. Eu só sei que algumas pessoas muito inteligentes estão nele, e graças a Deus eu comprei cedo.”

Por outro lado, Goyette foi mais cauteloso, argumentando que preferiria “arriscar com o que se provou valioso, durável, líquido e desejável por milhares de anos e deixar outras pessoas testarem o Bitcoin por conta própria, não à minha custa”.

No entanto, Schectman expressou sua opinião de que não precisa ser uma situação de ‘um ou outro’, porque “eles falam a mesma língua.” “Eu respeito que ambos estão lutando contra um sistema monetário sem cérebro, e isso inspirou uma geração de jovens que despertaram para isso”, disse.

Pai rico, Pai pobre já defendeu o Bitcoin antes

Kiyosaki é um grande defensor do Bitcoin e já compartilhou suas previsões otimistas de que o preço da criptomoeda poderia chegar a até US$ 1 milhão se a economia mundial entrasse em colapso. Embora tenha corrigido essas previsões mais tarde, ainda aconselha seus seguidores a prestar atenção no halving do Bitcoin.

Enquanto isso, o maior ativo do setor de criptomoedas por capitalização de mercado estava sendo negociado a um preço de US$ 42.284 dólares. Desse modo, representando uma queda de 0,73% nas últimas 24 horas. Mas ainda registrando um avanço de 4,06% nos últimos sete dias e um ganho de 1,22% no último mês.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos Analistas aumentam estimativa de lucro do Nubank em 4x e banco sugere “calma” Terceiro homem mais rico do México tem 60% do patrimônio líquido em Bitcoin