Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Robô de trading é fechado após investidores perderem R$2,5 milhões

A brecha de segurança ocorreu com o vazamento das chaves privadas dos usuários.

A equipe responsável pelo Solareum, robô de trading que atua na Solana por meio do Telegram,, anunciou que encerrará suas atividades. A plataforma era usada para compra e venda automática de criptomoedas memes, memecoins, criadas na rede Solana.

Desse modo, uma brecha de segurança permitiu o roubou de cerca de US$ 523 mil em SOL, token nativo da blockchain Solana. O roubo chama-se drenagem, uma vez que os ativos foram ‘limpados’ direto das carteiras dos usuários na semana passada. Portanto, o hack, que se estima ter afetado mais de 300 usuários de Solana, ocorreu no final da semana passada.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

A brecha de segurança ocorreu com o vazamento das chaves privadas dos usuários. Portanto, o robô que realiza trading automático de memecoins expôs a ‘senha’ (chaves privadas) das carteiras de auto custódia de tokens. Isso ocorre porque grande parte dos investidores que usam a ferramenta precisam conectar suas carteiras no robô, e por vezes, exportar suas chaves privadas para o aplicativo.

Solareum, robô de trading, pede desculpas

O Solareum afirmou em uma resposta via tweet na sexta-feira que “pode haver uma chance de termos sido atacados”.

“É com profundo pesar que anunciamos o encerramento do projeto Solareum”, escreveu a equipe no Telegram no sábado. “Infelizmente, devido a uma combinação de fundos insuficientes, tendências de mercado em evolução e uma recente violação de segurança em nossos sistemas, nos vemos obrigados a tomar esta difícil decisão.”

“Nos últimos meses, fizemos esforços concentrados para garantir financiamento adicional, adaptar-nos às mudanças do mercado e reforçar nossas medidas de segurança”, acrescentaram.

“Apesar desses esforços, a recente violação de segurança comprometeu a integridade de nossos sistemas, e não podemos mais garantir a segurança de nossos usuários devido à falta de fundos.” A equipe do Solareum anunciou que contataria as autoridades para tentar congelar quaisquer ativos cripto, se pudessem rastrear eles até exchanges centralizadas.

No entanto, a equipe não mencionou nada sobre compensar os usuários afetados de outra forma. O canal do projeto no Telegram está cheio de usuários exigindo respostas sobre o exploit. Inclusive, alguns ameaçam processar a equipe se o Solareum não anunciar planos para compensá-los.

Primeiro acusado foi maior robô de trading da Solana

Vale dizer que o concorrente BONKbot, outro robô de trading na Solana levou a culpa no primeiro momento. O maior bot de negociação do Telegram em Solana, com mais de 270.000 usuários reivindicados, foi o principal suspeito para grande parte da comunidade.

Portanto, logo após receber a acusação a equipe do BONKbot rapidamente negou a conexão e compartilhou seus dados sobre as vítimas aparentes do exploit de drenagem de carteira.

A equipe explicou no Twitter que o exploit parecia estar ligado a um “aplicativo específico”. Deste, no qual alguns usuários haviam exportado suas chaves privadas, mas não esclareceu qual aplicativo parecia estar no centro do problema.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Pela primeira vez em 15 anos, todos bilionários com menos de 30 anos são herdeiros. E isso é ótimo para o Bitcoin Alguém lembrou de 50 centavos em BTC guardados em 2010. Agora valem US$3,3 milhões Por que o Bitcoin está caindo tanto nesta sexta-feira (12) Quanto valem as criptomoedas de Times Brasileiros Golpe faz investidores perderem R$1,3 milhão em 2 minutos em criptomoeda