Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Economia

Moeda desvaloriza 37% frente ao dólar em um dia

Em medidas desesperadas, nesta quarta-feira o Banco Central do Egito (CBE) implementou uma flexibilidade na taxa de câmbio.

Uma moeda desvalorizou mais de 37% frente ao dólar nesta quarta-feira (6). E o mais impressionante de tudo, é que trata-se de uma moeda fiduciária, e não uma criptomoeda.

Em medidas desesperadas, nesta quarta-feira o Banco Central do Egito (CBE) implementou uma flexibilidade na taxa de câmbio. Desse modo, permitindo que o valor da libra egípcia contasse com a regulação pelas forças de mercado. A medida foi uma tentativa de aliviar uma economia já debilitada.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

Além disso, o CBE aumentou as taxas de juros em 600 pontos-base (6%), marcando o segundo aumento do ano, conforme declarado em um comunicado oficial do banco. Após a medida, o valor da moeda egípcia despencou mais de 37% frente ao dólar americano. Um dólar americano equivale a cerca de 50 EGP no momento da publicação, em comparação com quase 30,90 EGP no dia anterior.

Economia do Egito depende de dólar, e moeda local não ajuda

A economia doméstica é recentemente pressionada pela escassez de divisas estrangeiras. Portanto, resultou na existência de um mercado paralelo de câmbio e restringiu o crescimento econômico. Ademais, esse cenário acontece junto a um cenário de aumento da inflação.

Para tentar garantir uma transição suave, o CBE afirmou que vai continuar mirar na inflação como sua âncora nominal. Nesse sentido, visando permitir que a taxa de câmbio seja determinada pelas forças de mercado.

O Banco Central do Egito também instruiu os bancos a abrir o limite para o uso de cartões de crédito após ter permitido apenas um total de 250 dólares por mês. Durante meses, empresas e viajantes recorreram ao mercado informal. Muito devido às suas necessidades de dólares americanos em um país dependente de importação. Especialmente de trigo, a commodity mais estratégica.

Mesmo as instituições estatais teriam comprado dólares americanos do mercado negro diante de uma extrema escassez da moeda, segundo a imprensa local. A libra egípcia tem lutado contra o dólar americano por meses. Desse modo, levando a aumentos nos preços de commodities essenciais como trigo, arroz, açúcar e óleo de cozinha, o que afetou as famílias de baixa e média renda.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Pela primeira vez em 15 anos, todos bilionários com menos de 30 anos são herdeiros. E isso é ótimo para o Bitcoin Alguém lembrou de 50 centavos em BTC guardados em 2010. Agora valem US$3,3 milhões Por que o Bitcoin está caindo tanto nesta sexta-feira (12) Quanto valem as criptomoedas de Times Brasileiros Golpe faz investidores perderem R$1,3 milhão em 2 minutos em criptomoeda