Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Elon Musk questiona sumiço de Vitalik Buterin no X. ‘É onde todas as pessoas irritantes estão’, disse Buterin

O comentário de Musk foi em resposta a uma postagem lamentando o uso cada vez menor por Buterin.

Nesta segunda-feira (25), Elon Musk, proprietário do X (antigo Twitter) notou em sua plataforma o sumiço de um “cryptobro”, um dos grandes nomes da indústria de criptomoedas e fundador do Ethereum, Vitalik Buterin. 

Portanto, ao perceber seu sumiço, Musk indagou “Por que ele saiu?” Musk perguntou no X. O comentário foi em resposta a uma postagem lamentando o uso cada vez menor por Buterin.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

O comentário gerou várias respostas de usuários de cripto. Muitos especulando sobre o movimento. Alguns disseram ter sido devido ao aumento da atividade de bots ou à falta de funcionalidade on-chain da plataforma.

Vitalik comenta motivo de sair do X

Contudo, a resposta já foi dada pelo próprio fundador da Ethereum, quando alguns dias atrás Vitalik Buterin comentou durante o evento ETH Taipei. Ele disse que acha as pessoas no Twitter simplesmente irritantes.

“O Twitter é o lugar onde todas as pessoas estão. Mas também é o lugar onde todas as pessoas realmente irritantes estão,” disse Buterin quando questionado sobre sua dependência decrescente na rede social.

Como alternativa ao Twitter, Buterin tem passado muito mais tempo postando no Farcaster, um protocolo de mídia social descentralizado que ganhou popularidade no início deste ano.

Usuários criticam Buterin

No que tange sair da plataforma de Elon Musk, usuários de cripto reclamaram que ao escolher o Farcaster em vez do Twitter, Buterin estava “se isolando com seus pares escolhidos em uma ilha”, em vez de encontrar as massas onde elas estão.

Em Taipei, no entanto, Buterin rebateu tais argumentos. “O tipo de engajamento que recebo lá é de fato de maior qualidade,” disse o cofundador do Ethereum sobre o Farcaster. Ademais, Buterin também rejeitou alegações de que, ao usar o Farcaster, ele se isolou em uma bolha apenas com outros entusiastas de cripto.

“Conseguiu ser usado por pessoas não cripto, acho que de maneiras que muitas outras aplicações anteriores não conseguiram,” ele disse. “Acho que isso é um sucesso importante para se construir e para outras aplicações [descentralizadas] tentarem replicar.”

Fundado em 2020, o Farcaster permaneceu relativamente obscuro até o final de janeiro, quando o protocolo estreou um novo recurso chamado Frames que permite aos usuários realizar funções on-chain e off-chain dentro dos aplicativos Farcaster, incluindo cunhar NFTs, jogar jogos e fazer compras — sem sair para um terceiro.

Desde esse aumento induzido por Frames, o uso no Farcaster permaneceu bastante consistente. Desse modo, ligeiramente acima de 1,5 milhão de postagens no protocolo por semana, de acordo com dados da Dune.

Mas a mídia descentralizada ainda tem um longo caminho a percorrer: esses números certamente empalidecem em comparação com o Twitter, que vê centenas de milhões de postagens por dia, segundo Elon Musk.

Por fim, ao se dirigir a uma sala cheia de repórteres em Taipei no final da semana passada, Vitalik Buterin perguntou ao grupo se alguém planejava postar quaisquer histórias que surgiram da sessão no Farcaster antes de twittá-las. “Vocês deveriam,” disse Buterin. “Vamos lá, somos o espaço descentralizado, precisamos usar nossas próprias coisas!”

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Pela primeira vez em 15 anos, todos bilionários com menos de 30 anos são herdeiros. E isso é ótimo para o Bitcoin Alguém lembrou de 50 centavos em BTC guardados em 2010. Agora valem US$3,3 milhões Por que o Bitcoin está caindo tanto nesta sexta-feira (12) Quanto valem as criptomoedas de Times Brasileiros Golpe faz investidores perderem R$1,3 milhão em 2 minutos em criptomoeda