Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Alguém pegou US$200 milhões emprestados para lucrar US$3,24

Um bot de trades em alta frequência em cripto realizou uma operação envolvendo US$200 milhões para gerar um lucro de US$3,24.

Um bot de operações em high-frequence-trade, realizou um empréstimo de US$200 milhões em DAI, uma stablecoin (que vale US$1), da plataforma MakerDAO. O objetivo do bot era de realizar uma operação relâmpago. O resultado foi, após taxas, um lucro de US$3,24.

O bot considerou uma modalidade de empréstimos relâmpagos da MakerDAO, o DSSFlash. Em resumo, o bot se aproveitou do fato de que neste tipo de modalidade, não há cobrança de taxas. Este tipo de contrato também permite aos usuários acessarem qualquer quantia em empréstimos.

Imagem: Coindesk

O bot pegou 200 milhões de tokens DAI e os direcionou para a Aave DAI, da plataforma de empréstimos Aave. Na sequência, o bot tomou US$2300 em empréstimos em WETH, um token sintético de Ethereum.

Na sequência, o bot usou os WETH para comprar tokens Threshold Network (T), na Curve. Estes tokens por sua vez foram vendidos na Balancer, um market maker do mercado cripto.

Em suma, o lucro total da operação ficou em US$33,24. Deste valor, foram ao menos US$30 em taxas, deixando o dono do bot US$3,24 mais ricos. Um ganho de 0,00000162%!

Margem para alavancagem

O bot operou em um sistema conhecido como alavancagem, em suma, usando dinheiro que não possuía. Nesse sentido, ele buscou arbitrar as diferenças de preço existentes em um único bloco.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Nada vai fazer o Bitcoin parar, diz Michael Saylor. Entenda a tese da ‘alta infinita’ Antonio Ais, ‘Toin’ da Braiscompany, é preso na Argentina Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil