Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Congressista dos EUA promete expulsar Gary Gensler da SEC em 2024

A “ameaça” também reflete um crescente descontentamento com a liderança e a direção operacional da SEC sob a gestão de Gensler.

A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) pode mudar de forma drástica, e perder sua postura anti-cripto. Desse modo, isso apenas pode acontecer se o congressista dos EUA, Warren Davidson, conseguir implementar suas ideias de expulsar Gary Gensler em 2024.

Nesse sentido, Davidson declarou publicamente que 2024 é o momento ideal para destituir Gary Gensler, o atual presidente da SEC. Sua afirmação ousada não é apenas uma declaração de intenções.

Nesse sentido, a “ameaça” também reflete um crescente descontentamento com a liderança e a direção operacional da SEC sob a gestão de Gensler. No cenário de criptomoedas, sua postura ríspida incomoda diversos agentes que querem ver a regulação avançar no país.

Davidson é conhecido por suas opiniões francas e ações decisivas. Além disso, tem sido um crítico vocal da abordagem da SEC, especialmente em seu relacionamento com a indústria de criptomoedas

Sob a liderança de Gensler, a SEC adotou o que muitos consideram uma postura regulatória excessivamente agressiva e centrada na aplicação da lei. Essa estratégia não apenas alienou importantes atores da indústria de criptomoedas, mas também levantou questões sobre a eficácia e justiça regulatória mais ampla da SEC.

Tirando Gary Gensler do poder

Levando sua crítica da palavra à ação, o congressista Davidson apresentou o “SEC Stabilization Act”. Se aprovada, essa legislação poderia alterar fundamentalmente a estrutura da SEC, levando à remoção de Gensler de sua posição atual.

Davidson argumenta que essa medida é essencial para corrigir o que ele percebe como uma série de abusos e excessos sob a liderança de Gensler. O ato visa recalibrar o foco da SEC, afastando-a do que Davidson descreve como tendências tirânicas e voltando-a para sua missão central de regulamentação justa e eficaz do mercado.

A proposta legislativa de Davidson não é apenas uma repreensão ao estilo de liderança de Gensler; representa um chamado mais amplo para reforma dentro da SEC. O projeto busca aumentar a responsabilidade, transparência e capacidade de resposta da SEC às necessidades e dinâmicas dos mercados financeiros modernos.

Ao defender a remoção da regra de ‘investidor qualificado’, Davidson também visa democratizar as oportunidades de investimento, abrindo potencialmente as portas para uma gama mais ampla de investidores participarem de negócios lucrativos no mercado.

A iniciativa de Davidson também enfrenta desafios. Nesse sentido, o processo de destituição de um presidente da SEC em exercício envolve manobras políticas e obstáculos legislativos.

Requer não apenas o apoio de colegas legisladores, mas também um caso convincente que possa resistir ao escrutínio e debate tanto no Congresso quanto no domínio público mais amplo.

As mudanças que poderiam causar são diversas. Se bem-sucedido, Davidson poderia colaborar com uma mudança significativa na filosofia regulatória da SEC. Assim, particularmente com setores emergentes como as criptomoedas.

Isso poderia levar a um ambiente mais colaborativo e favorável à inovação, em contraste com o estado atual de coisas, que muitos criticam como marcado por incerteza e hostilidade.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Bitcoin decola 50% em fevereiro. Ainda vale a pena comprar? BlackRock, maior gestora do mundo, começa a oferecer ETF de Bitcoin na B3 Crise diplomática com Israel impacta FAB, agro e energia no Brasil Aos 85 anos, Abílio Diniz ainda inovava e apostou em cripto Apple bloqueia pornografia em Vision Pro e usuários ficam irritadíssimos