Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Como é feita a análise on-chain de bitcoin no mercado?

Dados registrados na rede blockchain da criptomoeda servem para criar análises e previsões de movimentos de preço.

Embora seja praticamente impossível prever assertivamente o preço do bitcoin no futuro, existem alguns indicadores on-chain que sinalizam o caminho que a criptomoeda pode percorrer no mercado cripto.

Analistas e entusiastas do mercado cripto usam indicadores on-chain para identificar momentos de entrada na criptomoeda. Esses indicadores usam informações do próprio bitcoin para criar um banco de dados sobre preço, volume, capitalização e emissão do ativo digital.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

O bitcoin se diferencia do mercado de ações, por exemplo, por permitir a negociação ininterrupta da criptomoeda. Dessa forma, é possível estudar o ativo com atualizações contínuas de gráficos e bancos de dados, de acordo com o analista on-chain do BlockTrends, Cauê Oliveira.

Ele diz ainda que análises on-chain de bitcoin podem ser entendidas como uma “compreensão” da rede da criptomoeda, que utiliza a tecnologia blockchain. É usando dados da rede que o analista cria seus estudos e relatórios no mercado cripto.

“Bitcoin, diferente de ações de empresas possuem seus dados públicos, atualizados a cada 10 minutos e possível de ser consultado a qualquer momento sem interrupção. Estes dados são tirados através da Blockchain e ao unir estatística e data science conseguimos construir indicadores que ajudam na compreensão da rede. Isto é análise de dados on-chain, uma forma de compreender os fundamentos além do preço.”

Dados on-chain de bitcoin


Analistas e investidores cripto usam dados on-chain de bitcoin para precificar a criptomoeda. Essas informações podem revelar ainda previsões sobre movimentações dos mineradores, de antigos investidores (conhecidos como baleias), além de mensurar o poder de atividade na rede.

A análise on-chain somente é possível graças ao registro de dados descentralizado da rede blockchain. Plataformas como o Bitcoin armazenam informações sobre transações, emissão de bitcoin e quais carteiras estão movimentando a criptomoeda.

Segundo Cauê Oliveira, que administra o grupo Bitcoin on-chain Brazil no Discord, análises on-chain servem para outras finalidades além de identificar possíveis movimentações de preço da criptomoeda.

Ele explica que a análise on-chain de bitcoin possibilita a identificação de ciclos econômicos no mercado cripto. Além disso, esse estudo tende a encontrar períodos de “euforia ou pânico” durante grandes movimentações no mercado.

“A análise on-chain pode ser usada de diversas formas, que incluem desde dados brutos de informações da Blockchain como altura do bloco e hashrate a indicadores complexos de ciclos econômicos na rede. Por meio desses dados é possível rastrear movimentos e impactos únicos, assim como períodos de maior euforia ou pânico.”

Cauê Oliveira administra a comunidade “Bitcoin on-chain Brazil” no Discord, onde especialistas e entusiastas discutem sobre o bitcoin no mercado. O grupo é aberto para qualquer participante, e no próximo mês sorteará hard wallets entre os usuários. Para participar do Bitcoin on-chain Brazil basta se inscrever neste link.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Ancord e BlockTrends lançam primeira Certificação em Criptoativos do Mercado Financeiro e de Capitais Donald Trump Agora Possui US$ 30 Milhões em Memecoins DOG é listada na Bybit e atinge máxima histórica pelo segundo dia consecutivo DOG, memecoin no Bitcoin, atinge nova máxima histórica Investidor lucra mais de US$180 mil (154.724%) com bug de Berkshire Hathaway