Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Economia

Como Auxílio Brasil de R$ 600 ajudou Bolsonaro a diminuir vantagem de Lula

Nova pesquisa divulgada pelo BTG/FSB aponta migração de votos após aumento de benefício social.

De acordo com nova pesquisa eleitoral do BTG/FSB, o candidato Jair Bolsonaro (PL) ampliou o seu número de intenção de votos entre os eleitores considerados de baixa renda.

A pesquisa para as Eleições 2022 divulgada pelo Instituto FSB nesta segunda-feira (22) mostra que o presidente Jair Bolsonaro aumentou 7% na intenção de votos entre os brasileiros que recebem o Auxílio Brasil de R$ 600.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

Dessa forma, o candidato à reeleição diminuiu a vantagem do ex-presidente Lula (PT) entre os eleitores de baixa renda. Agora, Jair Bolsonaro 31% das pessoas que recebem o benefício social pretendem votar no presidente.

Bolsonaro ganha eleitores


No início de agosto de 2022, o Auxílio Brasil começou a pagar parcelas de R$ 600, depois que o benefício social foi reajustado. O governo federal aumentou o repasse de R$ 400 para R$ 600.

Esse aumento parece ter refletido na campanha às Eleições 2022, com Jair Bolsonaro ganhando espaço entre os eleitores de baixa renda. Portanto, a nova pesquisa do Instituto FSB mostra que a vantagem do candidato Lula caiu para 21% entre esses eleitores.

Sendo assim, enquanto 31% dos eleitores que recebem o Auxílio Brasil pretendem votar em Jair Bolsonaro, 52% deles declararam que devem votar em Lula. O candidato do PT perdeu 9% entre os eleitores de baixa renda ao mesmo tempo que Bolsonaro ganhou 7%.

Imagem: Shutterstock

Lula segue em liderança nas pesquisas


A pesquisa também avaliou o cenário familiar do beneficiário do Auxílio Brasil. Lula aumentou sua participação na intenção de votos em famílias onde pelo menos uma pessoa recebe o benefício social de R$ 600.

Dessa forma, 62% desses eleitores podem votar no candidato do PT nas Eleições 2022 para a Presidência. O ex-presidente teve um aumento de 9% neste grupo de eleitores.

Imagem: Shutterstock

Por outro lado, Jair Bolsonaro perdeu espaço entre nas famílias com um beneficiário do Auxílio Brasil. O atual presidente do país possui 27% das intenções de voto neste grupo, perdendo 1% conforme aponta a pesquisa eleitoral.

No índice geral, Lula segue em liderança, conforme aponta o Instituto FSB. O candidato do PT possui 45% das intenções de voto entre os entrevistados pela pesquisa.

Já Jair Bolsonaro, aumentou suas intenções de voto de 34% para 36%. A pesquisa do BTG/FSB para as Eleições de 2022 foi divulgada nesta segunda-feira (22) e considera uma margem de erro de dois pontos percentuais.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas