Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Binance busca um país para ser sua primeira sede, depois de 7 anos

Richard Teng, CEO da Binance, afirma que quer começar do zero, e na semana passada a Binance nomeou seu primeiro conselho de diretores para satisfazer os reguladores dos EUA.

A Binance, uma das maiores corretoras de criptomoedas em volume de negociação, anunciou que finalmnte está buscando uma sede. Desse modo, contrariando sua filosofia adotada desde sua criação há sete anos, de que uma empresa descentralizada não precisa de um escritório.

Durante a Paris Blockchain Week, o novo CEO da Binance, Richard Teng, anunciou que a corretora de criptomoedas está em discussões com algumas jurisdições onde poderia estabelecer suas raízes, conforme comentou para a CNBC.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

Com essa movimentação, a empresa pode estar sinalizando às autoridades que está pronta para fazer mudanças significativas. Teng enfatizou seu desejo de liderar a exchange de criptomoedas sob uma nova perspectiva. Ele mencionou que a empresa superou questões culturais após ser multada em US$ 4,3 bilhões pelo Departamento de Justiça.

As alegações na época, do DoJ, se referiam a eventos que ocorreram nos “estágios iniciais” do desenvolvimento da empresa. Conforme ele disse em comentários reportados pela CNBC, a empresa agora alcançou uma “maturidade regulatória”.

Em novembro de 2023, a Binance se declarou culpada de acusações federais de lavagem de dinheiro. Como parte do acordo, a empresa concordou em pagar $4,3 bilhões.

O fundador e então CEO da Binance, Changpeng Zhao (conhecido como CZ), também se declarou culpado e renunciou ao seu cargo. Ele será sentenciado em breve e enfrenta até 18 meses de prisão.

Durante sua aparição em Paris na terça-feira, Teng também discutiu os problemas legais enfrentados por Tigran Gambarayan, cidadão dos EUA e executivo da Binance que enfrenta acusações de evasão fiscal na Nigéria.

O CEO expressou seu desejo de trazer Gambarayan de volta aos EUA e resolver o assunto com as autoridades nigerianas, reporta a CNBC.

Por que a Binance nunca teve um escritório?

A Binance nunca teve um escritório e enfrentou problemas regulatórios com autoridades ao redor do mundo. O motivo disso é que, a empresa nunca se considerou uma empresa que precisava de sede e afirmava ser totalmente descentralizada.

O ex-CEO uma vez disse que, já que o Bitcoin não tem um escritório físico, a Binance também não precisava de um. Conforme dizia em entrevistas, o escritório da Binance era onde ele se sentava.

Teng afirma que quer começar do zero, e na semana passada a Binance nomeou seu primeiro conselho de diretores para satisfazer os reguladores dos EUA. A Binance também estabeleceu entidades locais em países como Malta e Singapura para cumprir com as regulamentações locais e obter aprovações regulatórias e licenças.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado “O único defensor do livre mercado no mundo é bizarramente da Argentina”, diz ex-gestor de George Soros Instituto mobiliza BTG e Starlink, de Musk, para garantir internet em meio a enchentes no RS Bybit começa a oferecer renda passiva em dólar descentralizado Baleia de Bitcoin acorda após 10 anos e move US$43,9 milhões que comprou por US$2 dólares