Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Bernstein: ideia de que Binance pode quebrar é histeria

Empresa de análise ligada a uma das maiores gestoras do planeta não vê sinais de que a Binance possa falhar.

O braço de pesquisas da Bernstein, a companhia responsável pela gestão de US$779 bilhões, voltou a fazer considerações sobre o mercado cripto.

Os analistas da empresa consideram que seja improvável uma quebra por parte da Binance, a exchange fundada por Changpeng Zhao em 2017.

Faça parte da Comunidade BLOCKTRENDS PRO e lucre em cripto com relatórios semanais, análises diárias, sinais e lives exclusivas.

Com cerca de 75% do market share no mercado atual, a Binance se tornou uma incógnita após a quebra da FTX, a até então segunda maior exchange do mundo.

A ausência de um CFO ou de dados mais transparentes, levantaram desconfiança sobre a empresa comandada por CZ.

Ao longo de dezembro, porém, a companhia viu resgates que totalizaram US$7 bilhões em poucos dias, sem apresentar qualquer stress ou suspeita sobre liquidez,  ao contrário da concorrente FTX. 

Os analistas consideram que a Binance possui cerca de US$55 bilhões em carteiras conhecidas.

Ainda assim, veem dois desafios para a empresa. 

O primeiro é a possibilidade de que aí se tornar um monopólio, a Binance atraia concorrência, em especial de exchanges descentralizadas. 

Um segundo ponto se refere a sua estrutura offshore nas ilhas Cayman. Os analistas da Bernstein consideram que a empresa deveria rever essa posição, buscando uma estrutura “onshore” nos EUA.

A Binance por sua vez alega que já conseguiu licenças em 14 países, incluindo França, Espanha, Canadá e Itália.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Ancord e BlockTrends lançam primeira Certificação em Criptoativos do Mercado Financeiro e de Capitais Donald Trump Agora Possui US$ 30 Milhões em Memecoins DOG é listada na Bybit e atinge máxima histórica pelo segundo dia consecutivo DOG, memecoin no Bitcoin, atinge nova máxima histórica Investidor lucra mais de US$180 mil (154.724%) com bug de Berkshire Hathaway