Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Blockchain

Ações disparam 1.840% e CEO renuncia após mineradora comprar Bitcoin

Ron McIntyre, CEO da Nilam Resources, renunciou nesta terça-feira (26).

As ações da Nilam Resources, mineradora de ouro da América do Sul, dispararam 1,84% nesta terça-feira (26), e o CEO renunciou ao cargo após acusar a empresa de crime financeiro. O movimento ocorre um dia depois da mineradora Nilam emitir uma carta de intenção para comprar 24.800 Bitcoin.

Desse modo, a Nilam anunciou ontem seus planos de emitir novas ações afim de comprar US$ 1,8 bilhão em Bitcoin, equivalente a 24.800 bitcoins.

Embarque em mais de 150 horas de conteúdo exclusivo sobre o universo das criptomoedas e blockchain na Plataforma BlockTrends.

A empresa comunicou em nota à imprensa que “Nilam Resources, Inc. vai emitir uma nova classe de ações preferenciais, Série C, em troca dos 24.800 bitcoins. A um preço inferior ao do mercado atual”. O COO da Nilam, Pranjali More, declarou que a mineradora vem se preparando para este projeto há vários meses.

“Nos últimos meses, a equipe e a empresa se dedicaram a finalizar todos os contratos e a realizar a devida diligência necessária para avançar com uma Carta de Intenções (LOI) vinculativa”.

CEO acusa empresa de “pump and dump”

Contudo, o CEO parece não gostar da ideia da mineradora comprar Bitcoin. Desse modo, conforme noticiado pelo portal “Protos”, Ron McIntyre, CEO da Nilam Resources, renunciou nesta terça-feira (26).

O portal, que afirma que ligou para o CEO a fim de perguntar sobre a aquisição do bitcoin, disse que a resposta é que “a partir de hoje [ele] renunciou ao cargo de CEO e teve seu nome removido de todos os documentos corporativos”.

Quando questionado sobre por que McIntyre renunciou ao cargo, ele disse ao repórter que “basta olhar o gráfico, é um clássico pump and dump”. Portanto, segundo o CEO, “Haverá uma investigação da FINRA sobre a Nilam Resources”, acrescentou ao portal.

McIntyre afirmou que seus colegas de trabalho “indicaram que havia uma transação iminente”. Contudo, eles nunca lhe deram os detalhes do negócio e emitiram o comunicado à imprensa sem informá-lo sobre a decisão. “Irei ao tribunal estadual apropriado”, disse ele.

Segundo a Nilam, a empresa vai adquirir 100% do capital social da MindWave, uma entidade de propósito específico nas Ilhas Maurício, que deterá ativos digitais, incluindo 24.800 Bitcoins e outros ativos. “Estes ativos servirão como garantia para angariar capital para investimento em projectos geradores de alto rendimento”, escreve comunicado da Nilam.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Pela primeira vez em 15 anos, todos bilionários com menos de 30 anos são herdeiros. E isso é ótimo para o Bitcoin Alguém lembrou de 50 centavos em BTC guardados em 2010. Agora valem US$3,3 milhões Por que o Bitcoin está caindo tanto nesta sexta-feira (12) Quanto valem as criptomoedas de Times Brasileiros Golpe faz investidores perderem R$1,3 milhão em 2 minutos em criptomoeda