Participe da
Comunidade Ícone Whatsapp
Notícias

Threads atinge100 milhões de usuários, mesmo proibido na Europa

O crescimento da nova plataforma da Meta, dona do Instagram e Facebook, o Threads, superou 100 milhões de usuários, mesmo banido na Europa.

O Threads, novo aplicativo de conversação baseado em texto da Meta, atingiu a marca de 100 milhões de usuários em apenas alguns dias após seu lançamento, mesmo com o app banido da Europa. O Threads, lançado em 100 países na última quarta-feira, superou o crescimento do ChatGPT da OpenAI que levou dois meses para atingir a mesma marca.

O App se mostrou um sucesso quase imediato. Nas primeiras duas horas, atingiu 2 milhões de usuários e subiu constantemente para 5 milhões, 10 milhões, 30 milhões e, em seguida, 70 milhões. O CEO da Meta, Mark Zuckerberg, expressou sua surpresa com o sucesso do lançamento, afirmando que o crescimento foi “principalmente orgânico”.

Entre na comunidade BLOCKTRENDS PRO com 15% OFF e receba +20 cursos, análises diárias, relatórios semanais, lives e mais.

Os usuários não estão apenas se inscrevendo: eles estão postando também. Até a quinta-feira, já haviam sido compartilhados mais de 95 milhões de posts e 190 milhões de curtidas no aplicativo. No entanto, o Threads ainda está em sua infância, e teremos que esperar para ver se ele conquista o mesmo prestígio cultural que o Twitter já teve.

A ascensão meteórica do Threads

O Threads permite que os usuários se inscrevam usando seus nomes de usuário e redes do Instagram. Os usuários podem compartilhar posts de até 500 caracteres, bem como links e multimídia. Assim como no Twitter, ele possui funções de ‘curtir’ e ‘comentar’, mas não permite o envio de mensagens diretas.

O rápido crescimento do app é um testemunho do apetite dos usuários por uma alternativa ao Twitter, que tem enfrentado críticas desde que foi comprado por Elon Musk por $44 bilhões em outubro. O Twitter perdeu 50% de sua receita anual de publicidade e mudou para um serviço premium de $8 por mês para recursos que antes eram gratuitos na plataforma.

Proibição na Europa

Apesar do sucesso estrondoso, o Threads enfrenta desafios regulatórios na Europa. O Threads teve o lançamento adiado na União Europeia foi adiado devido à incerteza regulatória sobre como o app usará os dados pessoais. Isso se deve à Lei de Mercados Digitais da UE, que inclui disposições para o compartilhamento de dados do usuário entre várias plataformas. A Meta deve aguardar a aprovação da Comissão Europeia, o braço executivo da UE, antes de poder lançar o Threads nos países da UE.

De acordo com a divulgação de privacidade de dados do próprio aplicativo, o Threads pode coletar informações sobre a saúde, finanças, contatos, histórico de pesquisa, localização. O aplicativo também pode encaminhar dados a terceiros. Neste caso, os dados reférem-se a orientação sexual de um usuário, crenças religiosas e políticas, raça e etnia, corpo e status de emprego.

Essas preocupações com a privacidade impediram a Meta de lançar o aplicativo em muitos países europeus. Ainda assim, o Threads continua a crescer em popularidade em outras partes do mundo, estabelecendo-se como um forte concorrente do Twitter.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de traders de criptomoedas. Acesse ByBit.com

Notícias relacionadas



Mt. Gox move mais de US$ 9 Bilhões em Bitcoin após 6 Anos Donald Trump vira bitcoiner e quer conceder perdão presidencial ao criador da Silk Road Trader compra US$ 1,1 milhão em memecoin, e agora tem US$ 150 Elon Musk cria US$ 30 bilhões do nada com IA do Twitter Trader faz US$ 6.500 virar US$ 5,6 milhões com criptomoedas meme do Trump após ele falar bem do mercado